Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 23º

Tiroteio em Praga faz 14 mortos. Atirador era estudante de 24 anos

Há ainda registo de 25 feridos.

Tiroteio em Praga faz 14 mortos. Atirador era estudante de 24 anos
Notícias ao Minuto

14:47 - 21/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Violência

Um tiroteio numa universidade de Praga, capital da República Checa, fez esta quinta-feira 14 mortos, além do atirador, confirmou a polícia do país. Há ainda dezenas de feridos, vários em estado grave.

O presidente da polícia, Martin Vondrášek, adiantou, citado pela estação pública CT24, que há ainda registo de 25 feridos.

O autor do tiroteio foi identificado como um estudante de 24 anos da Universidade Charles.

O presidente da Câmara de Praga, Bohuslav Svoboda, adiantou também que o estudante terá tirado a própria vida. Já a CNN Prima NEWS revela que antes do tiroteio, o agressor terá matado o pai.

Anteriormente os Serviços de Emergência Médica de Praga, avançaram que havia registo de "11 mortos, incluindo o atirador, nove feridos graves, 5/6 feridos moderadamente graves e cerca de dez feridos ligeiros".

"Os números podem ainda mudar", alertou também o serviço na rede social X (antigo Twitter).

Anterior a polícia checa havia adiantado que, "com base nas primeiras informações", foram registados "vários mortos e feridos".

Alguns minutos depois, a mesma força de autoridade avançou que o atirador tinha sido "abatido". "O atirador foi abatido. Todo o edifício está a ser evacuado e há vários mortos e dezenas de feridos no local", acrescentaram, conforme pode ver mais abaixo.

De acordo com os meios de comunicação social locais, o agressor usou uma arma de cano longo com mira para atingir as vítimas.

As autoridades já fizeram um perímetro em redor da Praça Jan Palach e áreas circundantes. 

O primeiro-ministro da República Checa, Petr Fiala, afirmou que "devido aos trágicos acontecimentos na Faculdade de Filosofia de Praga" decidiu cancelar uma visita de trabalho à cidade de Olomouc e vai regressar a Praga. 

"Estou em contacto com o Ministro do Interior e com a Polícia da República Checa. Peço a todos os cidadãos que respeitem as recomendações", adiantou.

Também o presidente do país, Petr Pavel, afirmou estar "chocado com os acontecimentos" e expressou "profundo pesar e sinceras condolências às famílias e parentes das vítimas do tiroteio".

"Quero agradecer aos cidadãos o facto de terem respeitado as instruções das forças de segurança e de terem prestado a máxima cooperação", escreveu no X.

A presidente da Comissão Europeia manifestou-se hoje "chocada" com a "violência sem sentido" e apresentou as condolências às famílias das vítimas.

"Estou chocada com a violência sem sentido de um tiroteio que acabou com a vida de várias pessoas", escreveu Ursula von der Leyen na rede social X (antigo Twitter).

A presidente do executivo comunitário apresentou as "mais profundas condolências" às famílias das vítimas: "Estamos convosco e fazemos juntos o luto".

[Notícia atualizada às 19h46]

Leia Também: Homem que provocou tiroteio em São Paulo é um milionário brasileiro

Recomendados para si

;
Campo obrigatório