Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 16º

Mãe de jovem morta pelo Hamas: "Alguém nos diga que não foi vão"

A mulher já tinha falado sobre a filha em outubro e agora diz que se se sente abandonada, apesar de saber que "todos estão ocupados" com a guerra.

Mãe de jovem morta pelo Hamas: "Alguém nos diga que não foi vão"
Notícias ao Minuto

11:11 - 11/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Israel/Palestina

A mãe de uma das jovens que morreu no Festival Nova, em Israel, a 7 de outubro, confessou que se sente abandonada.

“Os jovens foram mortos devido a negligência criminosa. O meu coração está com os reféns, mas nós fomos esquecidos”, referiu Hannie Ricardo à Rádio Militar israelita, citada pelo Times of Israel.

A mulher perdeu a filha, que tinha 26 anos. Oriya Ricardo foi uma 360 que morreu no festival de música, num ataque levado a cabo pelo grupo islamita Hamas. Já há algumas semanas, a mulher tinha falado com o New York Post.

“A minha menina tentou fugir e chorou, mas apanharam-na a 100 metros e alvejaram-na”, disse, em outubro. Agora, voltou a falar.

“Todos estão ocupados com a guerra e eu percebo a dor, mas e a nossa dor? Queremos alguém que nos compreenda, que nos diga que este sacrifício não foi em vão”, apontou.

O festival ficava localizado a cerca de cinco quilómetros da Faixa de Gaza. O Hamas fez alguns reféns, mas alvejou também muitos dos presentes, que estavam no local para se divertirem no festival de música.

Leia Também: "Voltaremos a dançar". Tatuou data de ataque do Hamas para não esquecer

Recomendados para si

;
Campo obrigatório