Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 16º

Homem vê condenação anulada após 12 anos preso. Testemunha era cega

Darien Harris foi preso quando tinha 18 anos. Vai agora passar por um novo julgamento.

Homem vê condenação anulada após 12 anos preso. Testemunha era cega
Notícias ao Minuto

15:44 - 10/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Um homem, que passou 12 anos preso, viu a sua condenação ser anulada, em Chicago, nos Estado Unidos, porque uma testemunha ocular importante era legalmente cega.

Tal como conta a imprensa internacional, o homem, identificado como Darien Harris, de 30 anos, foi considerado culpado depois de um tiroteio que provocou a morte de um jovem, de 23 anos, e deixou outra pessoa gravemente ferida, em 2011.

Harris, que tinha 18 anos na altura, defendeu sempre a sua inocência e vai agora enfrentar um novo julgamento, depois de a sua condenação ter sido anulada.

"O senhor Harris passou 12 anos preso injustamente, tendo sido preso quando tinha apenas 18 anos", disse a organização Exoneration Project, que fornece serviços jurídicos gratuitos por pessoas injustamente condenadas.

A sua condenação foi garantida quase exclusivamente através do depoimento de uma testemunha ocular cega, a quem o tribunal repetidamente se referiu como confiável ao condenar injustamente o Sr. Harris. Estamos ansiosos para continuar a lutar pela sua liberdade", acrescentou a organização especificando que a testemunha em causa sofria de glaucoma avançado, na altura dos factos.

Além da visão afetada, um vídeo de videovigilância mostrou que a testemunha, que alegadamente não tinha revelado legalmente o seu problema, também estava muito mais longe do local do tiroteio do que inicialmente havia dito.

Leia Também: Vídeo mostra forte explosão provocada por tornado em cidade nos EUA

Recomendados para si

;
Campo obrigatório