Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

China disparou canhões de água contra barcos filipinos, acusam Filipinas

As Filipinas acusaram hoje a guarda costeira chinesa de ter disparado repetidamente canhões de água para obstruir três embarcações governamentais perto de um recife controlado por Pequim no Mar do Sul da China.

China disparou canhões de água contra barcos filipinos, acusam Filipinas
Notícias ao Minuto

10:29 - 09/12/23 por Lusa

Mundo Filipinas

A Força Nacional de Intervenção para as Filipinas Ocidentais acusou "os navios da guarda costeira chinesa de utilizarem canhões de água para obstruir embarcações" pertencentes ao Governo filipino que estavam a abastecer barcos de pesca.

O incidente ocorreu perto do recife Scarborough Shoal, uma zona de tensão entre Manila e Pequim, que reivindica quase todo o Mar do Sul da China, segundo um comunicado citado pela agência francesa AFP.

Num vídeo divulgado pela guarda costeira filipina, os navios da guarda costeira chinesa são vistos a disparar canhões de água contra os navios do Departamento de Pescas e Recursos Aquáticos das Filipinas.

A China assumiu o controlo de Scarborough Shoal, nas Filipinas, em 2012.

Desde então, tem destacado barcos de patrulha que, segundo Manila, assediam as embarcações filipinas e impedem os pescadores filipinos de chegar à lagoa onde o peixe é mais abundante.

Scarborough Shoal situa-se 240 quilómetros a oeste da ilha principal das Filipinas, Luzon, e a cerca de 900 quilómetros da província de Hainão, o território chinês mais próximo.

Nos termos da Convenção da ONU sobre o Direito do Mar de 1982, que a China ajudou a negociar, os países têm jurisdição sobre recursos naturais localizados num raio de cerca de 200 milhas náuticas (370 quilómetros) das suas costas.

Leia Também: Pelo 28 mortos em acidente com autocarro nas Filipinas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório