Meteorologia

  • 24 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

Jovem condenado a prisão perpétua por matar 4 colegas de turma nos EUA

O jovem norte-americano Ethan Crumbley foi hoje condenado a prisão perpétua, sem possibilidade de liberdade condicional, por ter assassinado quatro estudantes da Oxford High School, no Michigan (norte dos Estados Unidos), em novembro de 2021, quando tinha 15 anos.

Jovem condenado a prisão perpétua por matar 4 colegas de turma nos EUA
Notícias ao Minuto

23:59 - 08/12/23 por Lusa

Mundo Michigan

Antes do juiz Kwame Rowe proferir a sentença, Crumbley declarou que era "uma pessoa muito má", mas que tentaria ser melhor e dedicaria o resto da sua vida ajudando os outros.

Em novembro de 2021, Ethan Crumbley executou o tiroteio que tinha planeado fazer na escola, matando quatro colegas da turma com idades entre os 14 e os 17 anos e ferindo outros sete.

Ao ler a sentença, o juiz Rowe descreveu o tiroteio como um "verdadeiro ato de terrorismo" com o qual o autor do massacre procurou fama e notoriedade.

Referiu-se aos planos detalhados que Crumbley fez para a execução do tiroteio, o juiz disse que as ações do adolescente visaram a "execução" e "tortura" das vítimas.

Crumbley, que em outubro de 2022 confessou ser culpado de todas as acusações de que lhe foram imputadas, manteve sempre a cabeça baixa sem expressar emoção, nem quando os familiares das vítimas expressaram os seus sentimentos em tribunal, nem durante a leitura da sentença.

Os seus pais, James e Jennifer Crumbley, serão julgados a partir do próximo dia 23 de janeiro por quatro acusações de homicídio culposo, uma vez que o Ministério Público considera que são parcialmente responsáveis pelas ações do filho.

Ambos se declararam inocentes das acusações de homicídio culposo, que acarretam uma pena máxima de 60 anos de prisão para cada um e uma multa de 30.000 dólares (cerca de 27.900 euros).

Ethan Crumbley confessou que o pai lhe comprou a arma de fogo semiautomática com a qual cometeu o massacre.

Além disso, a sua mãe ignorou os avisos dos professores da escola quando estes lhe disseram que o filho tinha usado o telemóvel para procurar informações sobre munições para a arma.

Leia Também: Homem detido e acusado de matar a mulher que está desaparecida desde 2021

Recomendados para si

;
Campo obrigatório