Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Sobrevivente despediu-se do pai durante tiroteio em Las Vegas. "Foi duro"

O finalista contou à imprensa britânica sobre o momento em que se apercebeu de que estava um atirador no campus, e explicou que não foi o único a ligar aos parentes mais próximos.

Sobrevivente despediu-se do pai durante tiroteio em Las Vegas. "Foi duro"
Notícias ao Minuto

23:52 - 07/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Las Vegas

Um sobrevivente do tiroteio que aconteceu na quarta-feira, na Universidade do Nevado, em Las Vegas, relatou os momentos de pânico que viveu quando o atirador invadiu o estabelecimento de ensino.

À ABC News, Mike Henderson contou que tinha acabado de sair da sua sala de aula e estava no corredor quando ouviu pelo menos oito tiros.

"Um alerta da universidade surgiu no meu telemóvel, e dizia: 'Tiros disparados - fujam, escondam-se, lutem", explicou o finalista, acrescentando que foi aí que soube que a situação "era real".

"Fui logo para uma sala de aula no 2.º andar, onde nos começámos a abrigar. As luzes apagaram-se, todos estavam quietos e nervosos", recordou.

O finalista explicou que a porta estava barricada com mesas e que todos tentaram ficar o mais silenciosos possível. "Queríamos garantir que se o atirador passasse pelo corredor, pensasse que não estava ninguém naquela sala", justificou.

Mas Mike Henderson contou também à ABC News que ainda houve tempo para uma chamada para o pai - e que não foi o único, já que outros alunos choravam e entravam em pânico enquanto ligavam também aos seus familiares mais próximos.

"Se não vais sair vivo de uma situação, vais querer falar com as pessoas que amas", apontou, contando aquilo que disse ao pai. "Pai, tenho de ir, mas se esta for a última vez que falamos, eu amo-te", relembrou, explicando que perdeu a mãe há alguns anos. "Só despedir-me do meu pai foi muito duro", acrescentou.

Três pessoas morreram no tiroteio e uma ficou ferida. Das vítimas mortais, uma era docente e a outra assistente. As mortes aconteceram em pisos diferentes.

As autoridades terão demorado pouco mais de um minuto a chegar ao local, e encontraram-se com o atirador já no exterior do edifício, onde trocaram alguns tiros. O suspeito, identificado agora como Anthony Polito, de 67 anos, era professor universitário e acabou por morrer no local. Segundo a imprensa internacional, o homem candidatou-se recentemente a um emprego nesta universidade, mas sem sucesso.

Leia Também: Revelada identidade de homem que matou três pessoas em Las Vegas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório