Meteorologia

  • 21 ABRIL 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º

UE financia acesso a saúde para refugiados em dez Estados-membros

A Comissão Europeia lançou hoje um projeto, com financiamento comunitário de quatro milhões de euros, para melhorar o acesso aos cuidados de saúde para os ucranianos com estatuto de proteção temporária em dez Estados-membros do Leste europeu.

UE financia acesso a saúde para refugiados em dez Estados-membros
Notícias ao Minuto

13:54 - 06/12/23 por Lusa

Mundo Refugiados

O projeto, cofinanciado pelo programa UE pela Saúde (EU4Health), será desenvolvido na Bulgária, Eslováquia, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Moldávia, Polónia, República Checa e Roménia, destinando-se a melhorar o acesso de pacientes ucranianos aos respetivos sistemas nacionais de saúde.

Para além da UE, a Organização Mundial de Saúde e a Organização Internacional para as Migrações também participam com verbas na iniciativa.

A integração de profissionais ucranianos de saúde nos mercados de trabalho dos países de acolhimento envolvidos é outra prioridade do projeto.

A invasão da Ucrânia pela Rússia, em 22 de fevereiro de 2022, causou a pior crise de refugiados na Europa desde a II Guerra Mundial (1939-1945).

Leia Também: Moscovo alerta sobre perigos do envio de aviões F-16 para Kyiv

Recomendados para si

;
Campo obrigatório