Meteorologia

  • 22 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 27º

EUA. Pai detido após filho de dois anos morrer com overdose de fentanil

Homem estava responsável por tomar conta do filho no dia em que ele morreu.

EUA. Pai detido após filho de dois anos morrer com overdose de fentanil
Notícias ao Minuto

13:37 - 05/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Crime

Um menino de dois anos morreu, sexta-feira, com uma overdose de fentanil. O seu pai, de 27 anos, está a ser acusado da morte da criança.

Pelas 20h30 de sexta-feira, a polícia de Phoenix, nos EUA, foi chamada ao Banner University Medical Center depois ter sido admitida uma criança com dificuldades respiratórias.

Quando chegaram ao hospital, os agentes depararam-se com uma carrinha Chevrolet parada à porta do hospital e com a porta aberta. No seu interior, a polícia viu uma agulha usada e comprimidos azuis/verdes que se acreditou serem comprimidos de fentanil sintético.

O menino acabou por morrer e o seu pai foi detido. Durante uma entrevista com Oswaldo Lozano, este admitiu que era viciado em consumo de drogas e que consumia fentanil múltiplas vezes ao dia. 

Naquele dia, o homem estava responsável por tomar conta do filho, quando adormeceu no sofá. Quando acordou, deparou-se que o filho desmaiado no chão, com comprimidos a seu lado.

Uma investigação permitiu perceber que antes de procurar ajuda médica, Oswaldo tentou reavivar o filho injetando-lhe Narcan, ligou à sua empresa para lhes dar conta de que não iria trabalhar e só depois ligou finalmente para o 911 (o equivalente ao 112) para saber para que o hospital o deveria levar.

Lozano foi registado na cadeia do condado de Maricopa sob várias acusações, incluindo homicídio por negligência, abuso de menores e posse de droga.

Leia Também: Espanha. Trabalhador morre atropelado em estrada na Corunha

Recomendados para si

;
Campo obrigatório