Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 14º

Zelensky anuncia chegada de mais armas aéreas e aumento da produção

O Presidente da Ucrânia anunciou hoje a chegada de mais mísseis e sistemas de defesa aérea ao país, e revelou que a indústria nacional já consegue produzir num mês seis sistemas de artilharia autopropulsada de calibre ocidental.

Zelensky anuncia chegada de mais armas aéreas e aumento da produção
Notícias ao Minuto

15:32 - 04/12/23 por Lusa

Mundo Ucrânia

"Os importantes acordos de defesa com os nossos parceiros continuam a ser implementados e recebemos os mísseis que faltavam para as defesas aéreas existentes e também novos sistemas antiaéreos modernos", escreveu Volodymyr Zelensky na rede de mensagens Telegram, acrescentando "estar grato" aos seus aliados.

O Presidente ucraniano, que fez este anúncio depois de uma reunião com a sua equipa de responsáveis militares e de assuntos estratégicos, adiantou ainda ter falado com os ministros e generais sobre a produção própria de armas.

De acordo com Zelensky, a Ucrânia, alvo de uma ofensiva militar russa desde fevereiro de 2022, está a tentar aumentar a sua produção nacional para reduzir a dependência da ajuda militar estrangeira.

Para já, adiantou, a Ucrânia conseguiu produzir, pela primeira vez, seis sistemas de artilharia autopropulsada Bohdana num mês.

"Já estamos a ver como podemos continuar a aumentar" esta quantidade, acrescentou Zelensky, que destacou os esforços da indústria de armamento ucraniana.

O sistema de obuses autopropulsados Bohdana é o primeiro do género fabricado na Ucrânia a operar com munições de calibre 155 mm, como as fabricadas nos países da NATO.

A ofensiva militar russa no território ucraniano, lançada a 24 de fevereiro do ano passado, mergulhou a Europa naquela que é considerada a crise de segurança mais grave desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Leia Também: Ucrânia na UE? "Recomendação foi clara: é para começar agora"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório