Meteorologia

  • 03 MARçO 2024
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 15º

Partilham sonho (desfeito) de adquirir casa e milhares identificam-se

Casal partilhou problemas com promotor imobiliário e acabou agredido. Após ganhar milhares de seguidores viu a sua conta na rede social Douyin [TikTok na China] bloqueada.

Partilham sonho (desfeito) de adquirir casa e milhares identificam-se
Notícias ao Minuto

13:29 - 04/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo China

Um jovem casal chinês está a captar a atenção no seu país depois de ter partilhado nas redes sociais a luta que tem sido conseguir ter uma casa em seu nome, numa altura em que o país vive em recessão económica.

Liangliang e Lijun são um jovem casal normal. Viviam na província de Henan, no centro da China, e adoravam partilhar as suas vidas nas redes sociais. Confiavam na sociedade e faziam as coisas certas de acordo com as expectativas sociais, nomeadamente casar e comprar casa.

Contudo, aquele que deveria ser um motivo de celebração para os dois jovens, de 30 anos, acabou por resumir-se numa série de problemas.

Após problemas com o projeto da casa,  o casal viu-se envolvido numa série de discussões com o promotor imobiliário que, segundo eles, lhes devia dinheiro e os terá agredido. 

O casal tem partilhado os pormenores desta triste aventura nas redes sociais, onde ganharam milhares de seguidores, pessoas que se dizem identificar com a sua história.

"O que estão a publicar é a vida real" ou "de facto, a vida é difícil para a maioria dos jovens. Não é uma festa todas as noites", podia ler-se nos comentários às suas publicações.

"A história deles repercute-se porque são iguais a nós", diz outro internauta.

Alguns diziam também que as suas aspirações representavam o chamado sonho chinês, um conceito popularizado pelo presidente Xi Jinping, que defende o rejuvenescimento da nação chinesa. Contudo, o casal afirma que ninguém merece esse sonho.

Os "cidadãos mais diligentes, cumpridores da lei e optimistas não merecem o sonho chinês", afirma, porém, o casal, que se viu obrigado a desistir do seu sonho.

O infortúnio do jovem casal é um dos temas mais badalados na China, uma vez que os seus problemas refletem um problema mais vasto da sociedade chinesa: o endividamento, escreve a Asia News.

O casal, que entretanto viu as suas contas nas redes sociais a serem bloqueadas, acabou por decidir deixar os seus empregos em Zhengzhou, a capital da província de Henan, e regressar à sua cidade natal.

Leia Também: Porto lança nova edição do programa de apoio à renda na próxima semana

Recomendados para si

;
Campo obrigatório