Meteorologia

  • 05 MARçO 2024
Tempo
MIN 8º MÁX 16º

Japão alarga sanções contra Pyongyang após lançamento de satélite espião

O Japão anunciou hoje a imposição de sanções adicionais contra a Coreia do Norte, incluindo o congelamento de bens de indivíduos e empresas próximas do regime, dias depois de Pyongyang lançar um satélite espião militar.

Japão alarga sanções contra Pyongyang após lançamento de satélite espião
Notícias ao Minuto

06:18 - 01/12/23 por Lusa

Mundo Coreia do Norte

"As frequentes provocações e lançamentos da Coreia do Norte representam uma ameaça séria e urgente para a segurança do Japão e para a paz na região e na comunidade internacional", declarou o porta-voz do Governo, Hirokazu Matsuno, em conferência de imprensa.

De acordo com Matsuno, a nova ronda de sanções resulta de esforços coordenados com os Estados Unidos, a Coreia do Sul e a Austrália, acrescentando à lista de sancionados quatro grupos e cinco indivíduos ligados ao plano nuclear e de mísseis norte-coreanos.

A lista publicada hoje pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros nipónico inclui as empresas Intellekt LLC, com sede na Rússia, Versor S.R.O., da Eslováquia, Air Koryo Trading Corporation, da Coreia do Norte, e o grupo de hackers norte-coreano Kimsuky.

Alem disso, inclui cidadãos russos, norte-coreanos, eslovacos, entre outros.

A decisão do Japão surge depois de a Coreia do Norte ter colocado em órbita a 21 de novembro o primeiro satélite espião do país.

Pyongyang afirmou já ter captado imagens de instalações militares norte-americanas em San Diego, na Califórnia, e no Japão, bem como do Canal do Suez, no Egito.

A Coreia do Norte, que afirmou também ter fotografias de bases militares norte-americanas na ilha de Guam, não mostrou até ao momento quaisquer imagens recolhidas pelo novo satélite.

Leia Também: Seul adiou lançamento de satélite devido a condições meteorológicas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório