Meteorologia

  • 03 MARçO 2024
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 15º

"Inquebrável". Scholz reitera apoio a Zelensky na adesão à UE

O chanceler alemão, Olaf Scholz, reiterou hoje o seu apoio à abertura de negociações para a adesão da Ucrânia à União Europeia (UE), numa conversa telefónica com o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

"Inquebrável". Scholz reitera apoio a Zelensky na adesão à UE
Notícias ao Minuto

17:58 - 30/11/23 por Lusa

Mundo Guerra na Ucrânia

"O Governo Federal é a favor da adoção das recomendações da Comissão Europeia para a abertura das negociações de adesão com a Ucrânia e continuará a apoiar a Ucrânia na implementação das reformas necessárias", informou o Ministério dos Negócios Estrangeiros alemão.

Segundo a diplomacia de Berlim, os dois dirigentes discutiram a situação política, militar e humanitária na Ucrânia.

Scholz destacou a solidariedade "duradoura e inquebrável" da Alemanha face à agressão russa e garantiu que Berlim continuará a apoiar Kyiv, também na esfera militar e em estreita coordenação com os seus parceiros europeus e internacionais.

Zelensky, por sua vez, agradeceu o pacote de defesa de inverno enviado pela Alemanha, que inclui quatro sistemas de defesa antimísseis IRIS-T, e abordou a continuação da cooperação militar, segundo um comunicado da Presidência ucraniana.

O líder ucraniano informou Scholz sobre a situação no campo de batalha, bem como sobre a segurança no Mar Negro, o funcionamento do corredor de cereais e as medidas necessárias para a proteção do transporte marítimo civil.

Além disso, o chefe de Estado ucraniano sublinhou a importância da unidade europeia na decisão de lançar as negociações de adesão à UE, bem como a aprovação de uma ajuda no valor de 50 mil milhões de euros para Kyiv nos próximos anos.

Leia Também: Kyiv vai investir metade do orçamento em equipamento militar

Recomendados para si

;
Campo obrigatório