Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Filho de fundador do Hamas pede que Israel execute membros, incluindo pai

Yousef defende que a libertação de reféns é um progresso, mas que Israel não se deve concentrar apenas numa trégua.

Filho de fundador do Hamas pede que Israel execute membros, incluindo pai
Notícias ao Minuto

18:30 - 29/11/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Hamas

Mosab Hassan Yousef, filho mais velho de Hassan Yousef, um dos fundadores do Hamas, defendeu que o grupo islamita palestiniano deve ser erradicado e pediu a Israel que execute todos os seus membros, incluindo o seu progenitor.

Conhecido como 'Príncipe verde', Yousef, que trabalhou durante quase uma década como espião para Israel, partilhou esta posição através das redes sociais.

"Eles [Hamas] querem libertar milhares de assassinos em massa em troca de reféns israelistas. Mas Israel não pode permiti-lo, nem a humanidade, porque a libertação destes assassinos significa a morte de outras pessoas inocentes e os criminosos selvagens devem ser julgados e não recompensados ​​por matarem milhares de civis", afirmou, num vídeo divulgado na rede social X (antigo Twitter), na terça-feira.

Yousef defende que a libertação de reféns é um progresso, mas que Israel não se deve concentrar apenas numa trégua.

"Se continuarmos a negociar com o Hamas, eles levar-nos-ão a um círculo vicioso que nunca terá fim. O objetivo deles é escapar impune e não podemos permitir que isso aconteça. Israel tem centenas de membros do Hamas nas prisões e deve usar esta carta para pressionar o grupo islamita. Temos prisioneiros que têm todos os direitos e privilégios do mundo. Prisioneiros como Ibrahim Hamed e Abdullah Barghouti devem ser condenados à morte", disse.

Assim, defendeu que Israel deve dar ao Hamas um prazo para libertar os restantes reféns e, em caso de falha, deve executar todos os membros do Hamas nas prisões israelitas, incluindo o seu pai.

"Nesta guerra não há exceções da ala política e da ala militar do grupo. Cometi erros há 15 anos, quando salvei as suas vidas muitas vezes. Eles devem merecer morrer porque as coisas estão a piorar", atirou.

De realçar que Yousaf era uma das pessoas de confiança do seu pai dentro do grupo e forneceu informações confidenciais ao Exército israelita.

Leia Também: Refém libertada diz que confrontou líder do Hamas durante cativeiro

Recomendados para si

;
Campo obrigatório