Meteorologia

  • 13 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 29º

Comité das Regiões Europeu quer cooperação reforçada com Kyiv e Chisinau

As cidades e regiões da União Europeia (UE) querem que haja um esforço do Parlamento Europeu para reforçar a cooperação transfronteiriça e acelerar o processo de adesão dos países candidatos ao bloco comunitário, anunciou hoje o Comité das Regiões Europeu.

Comité das Regiões Europeu quer cooperação reforçada com Kyiv e Chisinau
Notícias ao Minuto

16:50 - 29/11/23 por Lusa

Mundo Europa

Ucrânia e Moldova são os mais recentes candidatos à adesão ao bloco europeu, desde junho do ano passado. Cinco países dos Balcãs Ocidentais (Albânia, Bósnia, Macedónia do Norte, Montenegro e Sérvia) também têm o estatuto de candidatos à UE. Alguns deles iniciaram as negociações de adesão há mais de 10 anos.

Em comunicado, o comité defendeu que a cooperação transfronteiriça com os países vizinhos da UE "ajuda a promover a coesão e confiança mútuas, catalisadores essenciais para a democracia e paz".

"Na véspera de uma deliberação crucial no comité para o Desenvolvimento Regional do Parlamento Europeu sobre esta matéria, os líderes locais e regionais insistem com os legisladores da UE para aumentarem o financiamento e eficácia destes programas", acrescentou o comité na nota informativa divulgada.

Recordando que desde 24 de fevereiro de 2022 houve "consequências significativas" para a cooperação nesta área por causa da invasão russa da Ucrânia, o Comité das Regiões Europeu pede que seja criado um mecanismo para compensar as regiões fronteiriças da UE "afetadas pela quebra no acesso a financiamento por causa do conflito".

Em simultâneo, o comité quer que haja um esforço acrescido para incluir as autoridades locais ucranianas na reconstrução do país depois da guerra.

Finalmente, a organização tutelada pelo português Vasco Cordeiro quer que haja uma simplificação dos mecanismos de cooperação territorial existentes e uma restruturação da cooperação marítima.

Leia Também: Sobe para 8 número de mortos em tempestade na Rússia, Ucrânia e Moldova

Recomendados para si

;
Campo obrigatório