Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2024
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 17º

Defesa ucraniana abateu 21 drones lançados pela Rússia

A defesa aérea ucraniana abateu na terça-feira à noite os 21 'drones' Shahed com os quais a Rússia atacou o território ucraniano sob controlo do Governo de Kyiv, informou hoje a Força Aérea da Ucrânia.

Defesa ucraniana abateu 21 drones lançados pela Rússia
Notícias ao Minuto

07:48 - 29/11/23 por Lusa

Mundo Ucrânia

A maioria dos 'drones' tinha como alvo a região ocidental de Khmelnytskyy, onde a Rússia tentou atingir uma importante base aérea ucraniana em diversas ocasiões durante a guerra.

Foram igualmente abatidos 'drones' em Odessa, Mikolaiv, Kherson (sul), Zaporijia (sudeste), Dnipropetrovsk (centro) e Kyiv (norte).

Os 'drones' foram lançados mais uma vez de Primorsko-Akhtarsk, sudoeste da Federação Russa e muito perto da península da Crimeia, no Mar Negro.

Nas últimas horas, o exército ucraniano também intercetou dois mísseis aéreos guiados Kh-59 dos três que os russos lançaram, a partir de Kherson ocupado, contra a região sul de Mykolayiv.

A ofensiva militar lançada a 24 de fevereiro de 2022 pela Rússia na Ucrânia causou, de acordo com os mais recentes dados da ONU, a pior crise de refugiados na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

A invasão russa -- justificada pelo Presidente russo, Vladimir Putin, com a necessidade de "desnazificar" e desmilitarizar a Ucrânia para segurança da Rússia - foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que tem respondido com envio de armamento para a Ucrânia e imposição à Rússia de sanções políticas e económicas.

Leia Também: Bruxelas defende apoio militar a Kyiv e política de sanções à Rússia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório