Meteorologia

  • 03 MARçO 2024
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 16º

Mais de metade dos russos opõem-se à criação de Ministério da Felicidade

Mais de metade dos russos é contra a criação de um Ministério da Felicidade, proposto pela presidente do Conselho da Federação Russa, a Câmara Alta do Parlamento, Valentina Matvienko.

Mais de metade dos russos opõem-se à criação de Ministério da Felicidade
Notícias ao Minuto

16:36 - 28/11/23 por Lusa

Mundo Rússia

De acordo com uma sondagem divulgada hoje pelo Centro de Pesquisa de Opinião Pública Russo (VTsIOM), 56% é contra apenas 23% dos russos está a favor desta iniciativa.

Cerca de 21% da população soube responder se a criação do Ministério seria uma boa ideia.

O maior número de apoiantes do Ministério da Felicidade registou-se entre os jovens até aos 25 anos de idade (50%).

No que diz respeito ao género, as mulheres são mais favoráveis à criação do novo Ministério do que os homens.

Quanto aos opositores da nova pasta, a maioria dos inquiridos argumentou que "não se pode fazer toda a gente feliz", "já existem ministérios suficientes", "não faz sentido" ou que se trata de "despesas orçamentais desnecessárias".

Valentina Matvienko propôs a 06 de novembro a criação de um Ministério da Felicidade para analisar todas as leis aprovadas na Rússia e verificar se estas "contribuem para a felicidade dos cidadãos".

Leia Também: Putin acusa Ocidente de querer saquear Rússia e invoca herança imperial

Recomendados para si

;
Campo obrigatório