Meteorologia

  • 18 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 25º

Cerca de 50 'jihadistas' mortos em explosão de mina na Nigéria

Cerca de 50 'jihadistas' associados ao Estado Islâmico (EI) morreram após a explosão de uma mina terrestre na região do Lago Chade, no nordeste da Nigéria, adiantaram esta segunda-feira líderes de milícias antijihadistas à agência France-Presse (AFP).

Cerca de 50 'jihadistas' mortos em explosão de mina na Nigéria
Notícias ao Minuto

06:38 - 28/11/23 por Lusa

Mundo Nigéria

Dois camiões com militantes do Estado Islâmico da África Ocidental (ISWAP) explodiram no domingo, quando atingiram uma mina terrestre nos arredores da aldeia de Arina Masallaci, no estado de Borno, segundo dois milicianos anti-EI que ajudam o exército nigeriano a combater os 'jihadistas'.

"Os camiões estavam carregados de militantes quando o que seguia na frente atingiu a mina e explodiu, atingindo o segundo caminhão que o seguia de perto", referiu Babakura Kolo.

"Cerca de cinquenta 'jihadistas' dos dois veículos foram mortos e outros ficaram feridos", acrescentou.

Os combatentes estavam prestes a lançar um ataque quando o incidente ocorreu, na manhã de segunda-feira, adiantou outro miliciano, Ibrahim Liman, que divulgou os mesmos dados.

O ISWAP, que se separou do Boko Haram em 2016, está ativo na região do Lago Chade, onde está envolvido em lutas internas com o Boko Haram.

"Acreditamos que plantaram a mina terrestre há algum tempo contra as tropas do Exército nigeriano que patrulham regularmente a área, mas acabaram por ser vítimas da sua própria armadilha", sublinhou Liman.

O ISWAP e o Boko Haram são conhecidos por colocar minas terrestres em estradas e autoestradas para atingir comboios militares e civis como parte da sua insurreição de 14 anos que causou cerca de 40 mil mortos e mais de dois milhões de pessoas feridas.

Leia Também: Exército da Nigéria afirma ter matado 60 jihadistas do Boko Haram

Recomendados para si

;
Campo obrigatório