Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
16º
MIN 11º MÁX 16º

Rússia perplexa com sanções checas a empresa que gere bens estatais

A Rússia descreveu hoje como ilegal, antirrussa e desconcertante a decisão da República Checa de congelar os bens de uma empresa que gere propriedade estatal russa.

Rússia perplexa com sanções checas a empresa que gere bens estatais
Notícias ao Minuto

12:52 - 16/11/23 por Lusa

Mundo Ucrânia/Rússia

"Uma posição tão profundamente antirrussa das autoridades checas causa, naturalmente, uma perplexidade absoluta", reagiu o porta-voz do Kremlin (presidência), Dmitri Peskov.

O Governo da República Checa incluiu na lista de sanções uma empresa que gere os bens do Estado russo em solo checo, considerando que a atividade comercial de Moscovo financia "o assassinato de ucranianos".

Trata-se da Empresa Unitária do Estado Federal Roszagranproperty, que gere o património imobiliário russo no estrangeiro.

A maior parte dos ativos estão localizados em Praga ou na cidade termal de Karlovy Vary, que tradicionalmente tem uma grande comunidade empresarial e cidadãos russos.

A sanção exclui os edifícios das missões diplomáticas.

"Rejeitamos categoricamente essa posição e não a aceitamos. Estamos agora a analisar a situação", disse Peskov, citado pela agência espanhola EFE.

Peskov disse que Moscovo considera as decisões de Praga ilegais do ponto de vista do direito internacional.

"A julgar por estas decisões, (...) todos os objetos que possam ser nossa propriedade, com exceção dos que têm estatuto diplomático, estão, evidentemente, agora ameaçados", afirmou.

Acrescentou que a Rússia responderá a quaisquer "medidas hostis".

A República Checa disse que vai tentar convencer outros países da União Europeia (UE) a sancionar a empresa russa.

A Rússia tem sido alvo de sanções internacionais, incluindo da UE, desde que invadiu a Ucrânia, em 24 de fevereiro de 2022.

As sanções visam diminuir a capacidade de Moscovo de financiar o esforço de guerra na Ucrânia.

Os aliados ocidentais de Kiev também têm fornecido armamento ao exército ucraniano para combater os invasores russos.

Desconhece-se o balanço de vítimas civis e militares da guerra, mas diversas fontes, incluindo a ONU, têm antecipado que será muito elevado.

A guerra da Rússia contra a vizinha Ucrânia é considerada a maior crise de segurança na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Leia Também: "Putin está sempre aberto a conversações orientadas para resultados"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório