Meteorologia

  • 05 MARçO 2024
Tempo
MIN 8º MÁX 16º

Autoridade palestiniana diz que corte da internet visa esconder ataques

O primeiro-ministro palestiniano, Mohamed Shtayé, denunciou hoje que o corte total da internet na Faixa de Gaza é uma tentativa de Israel para "obscurecer" o que se passa no enclave palestiniano, controlado pelo Hamas, para uma iminente invasão terrestre.

Autoridade palestiniana diz que corte da internet visa esconder ataques
Notícias ao Minuto

22:03 - 27/10/23 por Lusa

Mundo Faixa de Gaza

"O mundo está num momento histórico para agir para parar a agressão e os massacres do nosso povo", disse Shtaye no seu perfil do Facebook, onde anexou um vídeo que mostra o aumento dos bombardeamentos na Faixa.

Por seu lado, o Sindicato dos Jornalistas Palestinianos manifestou a sua preocupação com os jornalistas que trabalham na Faixa de Gaza, após os cortes quase totais nas comunicações fixas, móveis e internet, que interromperam as emissões dos meios de comunicação social de Gaza.

O sindicato denunciou a situação como um prelúdio de novos massacres que Israel planeia levar a cabo na Faixa de Gaza "longe das câmaras dos jornalistas", tal como noticiado pela agência de notícias WAFA.

Após o ataque de 07 de outubro do Hamas ao sul de Israel, que fez mais de 1.400 mortos, cerca de 5.000 feridos e 224 reféns, os intensos bombardeamentos da retaliação israelita sobre a Faixa de Gaza fizeram, desde então, mais de 7.300 mortos e cerca de 19.000 feridos naquele enclave palestiniano.

Leia Também: Exército israelita lança intenso bombardeamento e corta Internet em Gaza

Recomendados para si

;
Campo obrigatório