Meteorologia

  • 18 JULHO 2024
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 33º

Greve na indústria automóvel dos EUA aumenta com mais sete mil grevistas

O sindicato dos trabalhadores da indústria automóvel norte-americana (UAW, na sigla em Inglês) aumentou a sua greve, que está a afetar os grandes fabricantes de Detroit, alargando-a à produtora da 'pickup' Ram para a Stellantis.

Greve na indústria automóvel dos EUA aumenta com mais sete mil grevistas
Notícias ao Minuto

07:13 - 24/10/23 por Lusa

Mundo Automóvel

O UAW detalhou que 6.800 trabalhadores entraram em greve na manhã de segunda-feira, o que causou o encerramento da fábrica.

A nova ação grevista ocorre três dias depois de o presidente do UAW, Shawn Fain, ter revelado a existência de progressos nas negociações com a General Motors e a Stellantis, mas adiantou que estas tinham de melhorar as respetivas propostas.

Não houve referência a progressos relacionados com a Ford.

O UAW começou a greve em 15 de setembro, em uma unidade de montagem de cada empresa. Cerca de 41 mil trabalhadores estão agora em greve nos três construtores.

O movimento grevista, que já vai na sexta semana, atinge sete centros de montagem de automóveis e 38 armazéns de sobresselentes.

Leia Também: Já não é possível comprar o automóvel mais pequeno da Volkswagen

Recomendados para si

;
Campo obrigatório