Meteorologia

  • 18 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 21º

Polícia investiga praxes "humilhantes" em Madrid. Há sete suspeitos

Além dos insultos, os estudantes foram obrigados a lamber peixes congelados, ingerir Tabasco e comer biscoitos de cão.

Polícia investiga praxes "humilhantes" em Madrid. Há sete suspeitos
Notícias ao Minuto

13:37 - 11/10/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Espanha

Sete jovens estão a ser investigados pela Polícia Municipal de Madrid, em Espanha, por praxes "humilhantes", realizadas em meados de setembro, contra vários estudantes recém-chegados à Residência Universitária Galdós, localizada no bairro madrileno de Moncloa.

De acordo com o El Mundo, as vítimas, duas das quais menores, foram submetidas a diversas praxes, na madrugada de quarta-feira, 13 de setembro, no Parque Jaime del Amo, na Cidade Universitária, sob a desculpa de terem violado a regra (desta comissão de praxe) do 'Novato, celibato', que impede os novos residentes de terem relacionamentos amorosos com outros estudantes do mesmo campus.

Nos vídeos enviados de forma anónima ao diretor da residência, que denunciou posteriormente os acontecimentos à Polícia Municipal, vê-se os jovens a serem punidos com o que os universitários madrilenos chamam de 'San Jaime'. Uns são obrigados a beber vinho de uma só vez, a lamber peixes congelados, a ingerir Tabasco ou a comer biscoitos de cão, enquanto são insultados pelos 'veteranos'.

Nas imagens vê-se também algumas jovens do sexo feminino ajoelhadas em soutien ou coletes refletores.

A investigação passou entretanto da Polícia Municipal para a Polícia Judiciária. Os inspetores já identificaram os envolvidos e recolheu os depoimentos dos suspeitos. O processo está em vias de estar concluído e será, entretanto, entregue ao Ministério Público.

Se o caso for em frente, os sete suspeitos podem ser acusados de crimes contra a integridade moral e coação.

Leia Também: Nem parecia uma praxe. Diomande dançou como ninguém na Costa do Marfim

Recomendados para si

;
Campo obrigatório