Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

Autoridades dos EUA encontram destroços de F-35 que estava desaparecido

As autoridades norte-americanas encontraram um campo de destroços do caça F-35 que caiu no domingo na Carolina do Sul e que estava desaparecido desde então, adiantou esta segunda-feira a Marinha dos EUA.

Autoridades dos EUA encontram destroços de F-35 que estava desaparecido
Notícias ao Minuto

06:48 - 19/09/23 por Lusa

Mundo Estados Unidos

O campo de destroços estava localizado na zona rural do condado de Williamsburg, de acordo com a Base Conjunta do Corpo de Fuzileiros Navais de Charleston.

O que resta do F-35 estava a cerca de duas horas a nordeste da base e os moradores daquela zona foram instados a evitar a área, enquanto decorrem as operações de recuperação, noticiou a agência Associated Press (AP).

As razões do incidente com o caça F-35 ainda estão "sob investigação", destacaram as Forças Armadas norte-americanas no comunicado, sem fornecer mais detalhes para "preservar a integridade" das investigações.

Desde domingo que as autoridades norte-americanas estavam a realizar buscas para encontrar o caça furtivo F-35, que ficou em parte incerta depois do piloto se ter ejetado e atingido o solo de paraquedas, em segurança.

O piloto foi transportado para um hospital e estava em condição estável, de acordo com a major da Marinha, Melanie Salinas.

O Corpo de Fuzileiros Navais tinha anunciado esta segunda-feira a interrupção das operações durante dois dias, enquanto as autoridades procuravam perto de dois lagos da Carolina do Sul.

As autoridades apelaram também à ajuda dos cidadãos para encontrar o F-35, um pedido incomum que gerou imediatamente várias reações e levantou dúvidas sobre como foi possível perder um caça que custa pelo menos 74,8 milhões de euros.

"Sabíamos que o F-35 era furtivo, mas isto é ridículo", destacou Nancy Mace, representante republicana da Carolina do Sul, na rede social X (antigo Twitter).

Um dos porta-vozes da base de Charleston, Jeremy Huggins, explicou ao jornal Washington Post que o caça tinha um dispositivo recetor-transmissor que permitia a sua localização, mas que este não estava a funcionar "por alguma razão" que ainda não tinha sido determinada.

No X, multiplicaram-se os comentários divertidos, sobre o desaparecimento deste equipamento que pertence ao prestigiado Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos.

Os utilizadores da rede social partilharam cartazes manipulados a dizer 'procura-se': "F-35 desaparecido. Recompensa de 500 dólares".

Como os Estados Unidos já forneceram milhares de milhões de dólares em ajuda militar a Kiev, muitos partilharam uma fotografia - também manipulada - do Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, todo sorridente, a posar em frente a um avião de combate.

Um dos internautas questionou: "Vocês já procuraram na Ucrânia?".

Uma das teorias era que o caça continuou a voar em piloto automático para parte incerta. Em 1989, um MIG-23 soviético da Polónia caiu perto de Kortrijk, na Bélgica, depois de viajar mais de 900 quilómetros sem piloto, que também se tinha ejetado.

Leia Também: Desaparecimento de caça F-35 causa espanto entre norte-americanos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório