Meteorologia

  • 02 MARçO 2024
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 14º

"Sem nunca ser feliz". Morreu a mulher mais velha do mundo aos 129 anos

Koku Istambulova tinha dado recentemente uma entrevista onde descrevia a longevidade como um "castigo".

"Sem nunca ser feliz". Morreu a mulher mais velha do mundo aos 129 anos
Notícias ao Minuto

14:42 - 15/09/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Rússia

A mulher mais velha do mundo morreu no mês passado, aos 129 anos, na Rússia, onde vivia, avança a imprensa internacional. Koku Istambulova tornou-se famosa há uns anos, depois de entrar para o livro de recordes da Rússia.

No âmbito dessa distinção deu várias entrevistas durante as quais disse que via a longevidade como um "castigo", uma vez que não foi feliz "um único dia" da sua longa vida.

Nos seus mais de 100 anos, a idosa teve de suportar "os horrores de várias guerras", passar por "muita miséria" e ainda enterrar dois filhos quando estes ainda eram apenas umas crianças.

Esta semana, o neto revelou que, no dia em que morreu, a avó jantou normalmente na sua casa, localizada na Chechénia. "Brincou, falou e, de repente, sentiu-se mal. Disse que estava com uma dor no peito. Chamamos o médico e ele disse-nos que ela estava muito fraca. Ainda a tentaram reanimar, mas não a conseguiram salvar. Morreu tranquilamente, totalmente lúcida, a rezar", disse Iliyas Abubakarov.

Koku Istambulova, que tinha cinco netos - de uma filha que entretanto também já morreu - e 16 bisnetos, foi enterrada na sua aldeia natal, em Bratskoe.

Leia Também: Mulher guarda ovo da Páscoa com 50 anos. Uma herança muito romântica

Recomendados para si

;
Campo obrigatório