Meteorologia

  • 21 ABRIL 2024
Tempo
24º
MIN 15º MÁX 24º

Mulher morta a tiro na Califórnia devido a bandeira LGBTQ+ na sua loja

Uma mulher de 66 anos, da Califórnia, foi morta a tiro após uma disputa sobre uma bandeira do orgulho LGBTQ+ que exibia do lado de fora da sua loja, em Cedar Glen, avançaram hoje as autoridades locais.

Mulher morta a tiro na Califórnia devido a bandeira LGBTQ+ na sua loja
Notícias ao Minuto

20:03 - 20/08/23 por Lusa

Mundo EUA

As autoridades do condado de San Bernardino disseram que Laura Ann Carleton foi declarada morta no local do tiroteio na noite de sexta-feira.

De acordo com a mesma fonte, antes do tiroteio, durante uma discussão inicial, o suspeito "fez vários comentários depreciativos sobre uma bandeira arco-íris que estava do lado de fora da loja, antes de atirar em Carleton" e depois fugiu do local.

A bandeira arco-íris representa a comunidade LGBTQ+ (sigla para lésbicas, 'gays', bissexuais, transgénero, 'queer' e outros).

A polícia conseguiu localizar o suspeito armado, que foi morto a tiro após um confronto com as autoridades.

Carleton, que preferia ser chamada de "Lauri", deixa o marido e nove filhos.

Leia Também: Dois jovens detidos após ataque a ativistas LGBTI em Espanha

Recomendados para si

;
Campo obrigatório