Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
22º
MIN 17º MÁX 25º

Explosão na República Dominicana causa pelo menos 3 mortos e 39 feridos

Pelo menos três pessoas, incluindo um bebé, morreram e 39 ficaram feridas, várias com gravidade, na explosão de uma padaria em San Cristóbal, no sul da República Dominicana, anunciaram as autoridades.

Notícias ao Minuto

05:18 - 15/08/23 por Lusa

Mundo República Dominicana

"Temos três mortos, 33 pessoas internadas em hospitais públicos e outras seis em clínicas privadas", disse na segunda-feira aos jornalistas o ministro da Presidência dominicana, Joel Santos.

Uma forte explosão sacudiu uma movimentada área comercial em San Cristóbal, a menos de 30 quilómetros da capital da República Dominicana, Santo Domingo, por volta das 15:10 (20:10 em Lisboa).

A explosão provocou uma gigantesca coluna de fumo e um incêndio, que se espalhou da padaria para uma loja de ferragens localizada ao lado e uma loja de móveis próxima, levando muitas pessoas a tentarem fugir em pânico, o que causou a maioria dos ferimentos.

Um bebé de quatro meses morreu "de traumatismo cranioencefálico grave" e dois adultos morreram com queimaduras em 90% do corpo, disse, num comunicado, o diretor do Serviço Nacional de Saúde do país, Mario Lama.

Seis dos feridos foram transferidos "para clínicas em Santo Domingo para atendimento mais específico", acrescentou Joel Santos.

"O incêndio está controlado, mas os bombeiros ainda estão a trabalhar em duas residências", acrescentou o ministro, sobre a explosão, cuja onda de choque abalou estruturas próximas.

As autoridades admitiram esperar que o número de mortos aumente, com os bombeiros incapazes de entrar em certos edifícios enquanto continuam a combater as chamas.

O Presidente da República Dominicana, Luis Abinader, disse estar "desolado" com o incidente e garantiu que enviou uma equipa do governo a San Cristóbal e que as autoridades estão a apoiar as vítimas e familiares.

San Cristóbal, cidade natal do ditador Rafael Trujillo, que governou o país desde 1930 até ser assassinado em 1961, foi palco de outra explosão há quase 23 anos.

Um depósito de armas explodiu em outubro de 2000, causando pelo menos dois mortos, ferindo mais de 20 e forçando as autoridades a retirar milhares de pessoas da cidade.

Leia Também: Explosão numa fábrica em Vila Verde faz um morto e dois feridos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório