Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 16º

Edição

Descobertos restos mortais de acidente aéreo em 1952

Os restos mortais de 17 militares dos EUA, falecidos devido à queda de um avião no Estado do Alasca em 1952, foram recuperados mais de seis décadas depois, informaram fontes oficiais na quarta-feira.

Descobertos restos mortais de acidente aéreo em 1952
Notícias ao Minuto

10:29 - 19/06/14 por Lusa

Mundo Alasca

Outros 35 corpos continuam dados como desaparecidos e a ser procurados no local remoto da queda, adiantou o Departamento da Defesa, em comunicado.

O avião C-124 Globemaster despenhou-se em 22 de novembro de 1952, quando se dirigia do Estado de Washington para a base da força aérea em Elmendorf, no Alasca, com 41 passageiros e 11 tripulantes.

"Condições meteorológicas adversas impediram operações de salvamento imediatas. Entre o final de novembro e o início de dezembro de 1952, várias equipas foram incapazes de localizar e recuperar qualquer dos envolvidos", especificou-se no texto.

Em junho de 2012, um helicóptero da Guarda Nacional do Alasca detetou destroços do avião, enquanto fazia um voo de treino na zona a ocidente do Monte Gannett, e buscas subsequentes confirmaram que se tratava de restos do acidente de 1952.

"Os cientistas do Laboratório de Identificação de DNA das Forças Armadas, do Departamento da Defesa, usaram instrumentos forenses e provas circunstanciais na identificação dos 17 militares", acrescentou-se no texto.

"As restantes pessoas continuam por localizar e o local do acidente vai continuar a ser monitorizado para futuras possíveis descobertas", anunciou o Departamento.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório