Meteorologia

  • 21 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 24º

Presidente do Sudão do Sul confirma recandidatura nas eleições de 2024

O Presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, confirmou hoje que vai apresentar-se como candidato às próximas eleições presidenciais, as primeiras desde a independência do país, em 2011, agendando-as para o próximo ano.

Presidente do Sudão do Sul confirma recandidatura nas eleições de 2024
Notícias ao Minuto

12:29 - 06/07/23 por Lusa

Mundo Sudão do Sul

"Estou profundamente comovido por este apoio para que seja candidato do Movimento para a Libertação do Povo do Sudão (SPLM) em 2024 e pelo seu contínuo apoio ao nosso histórico partido; isso dá-me confiança de que estaremos juntos enquanto avançamos para as eleições do próximo ano", disse Salva Kiir durante um evento no estado de Bahr.

Kiir já tinha recebido o apoio do seu partido para avançar para eleições, mas ainda não havia uma data para a votação.

"Aceito de coração o vosso apoio", afirmou, rejeitando que haja tensões dentro do partido, mas reconhecendo que "há desafios e o nosso partido está consciente das vossas expectativas, no seguimento da independência".

O Presidente disse que tem um plano "para abordar as necessidades dos cidadãos", mas lembrou que algumas iniciativas foram "interrompidas pela guerra sem sentido" entre 2013 e 2018 e argumentou que "as guerras roubam recursos que iam ser usados nos planos governamentais".

No final de março, o chefe de Estado assegurou que o Governo de unidade estava preparado para organizar eleições e disse então que não haveria mais prolongamentos do mandato do Executivo atual, depois de várias prorrogações na aplicação das várias cláusulas do acordo de paz.

Apesar da descida da violência, o país tem enfrentado um aumento dos confrontos intercomunitários, motivados principalmente pelo roubo de gado e por disputas territoriais entre pastores e agricultores nas zonas mais férteis do país, especialmente por causa da desertificação e pela deslocação de populações.

Leia Também: Cerca de três milhões de deslocados no Sudão em menos de três meses

Recomendados para si

;
Campo obrigatório