Meteorologia

  • 03 MARçO 2024
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Rússia declara 'indesejável' agência de notícias Novaya Gazeta Europe

As autoridades russas declararam hoje que a agência de notícias crítica do Kremlin, a Novaya Gazeta Europe, é uma organização "indesejável", proibindo-a de operar na Rússia.

Rússia declara 'indesejável' agência de notícias Novaya Gazeta Europe
Notícias ao Minuto

23:12 - 28/06/23 por Lusa

Mundo Rússia

A Novaya Gazeta Europe foi fundada por ex-jornalistas do jornal russo independente Novaya Gazeta, que perdeu a licença de imprensa no ano passado, operando fora da Rússia.

A Procuradoria-Geral da República russa acusou este meio de "criar e divulgar materiais em detrimento dos interesses" da Rússia, nomeadamente, "informações falsas sobre alegadas violações generalizadas dos direitos e liberdades dos cidadãos na Rússia, acusações contra o país de desencadear uma guerra agressiva contra a Ucrânia, de cometer crimes de guerra contra a população civil e de repressões".

Rotular a publicação como "indesejável" torna ilegal a sua atividade na Rússia e expõe os seus jornalistas, e outros que com a agência trabalham a acusações criminais.

Nos últimos anos, a Rússia tem metodicamente visado pessoas e organizações críticas ao Kremlin, rotulando muitos como "agentes estrangeiros" e declarando alguns "indesejáveis", com base numa lei de 2015 que torna a participação em organizações "indesejáveis" uma ofensa criminal.

Na semana passada, as autoridades russas colocaram o rótulo ao Fundo Mundial para a Natureza, conhecido pela sigla em inglês WWF, e ao grupo de direitos humanos Agora.

No início deste ano, o grupo ambiental Greenpeace teve de encerrar a sua divisão russa depois de Moscovo ter declarado que era uma organização indesejável.

Leia Também: "É importante que Putin e o Kremlin percebam que estão a perder"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório