Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Adolescente morre após beber batido proteico que causou doença rara

De acordo com o pai, Pushpa Godhania, o adolescente era "muito magro", razão pela qual decidiu comprar-lhe uma bebida para "ganhar músculo".

Adolescente morre após beber batido proteico que causou doença rara
Notícias ao Minuto

16:17 - 28/06/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Reino Unido

Um adolescente de 16 anos morreu três dias depois de ter ingerido um batido proteico, que causou uma doença rara. No âmbito da investigação à morte do jovem, o médico legista apelou para que estas bebidas vendidas nos supermercados passem a conter avisos que podem "salvar vidas".

Rohan Godhania, de Ealing, em Londres, morreu a 18 de agosto de 2020, no West Middlesex Hospital, depois de ter sofrido "danos cerebrais irreparáveis", conta a BBC.

De acordo com o pai, Pushpa Godhania, o adolescente era "muito magro", razão pela qual decidiu comprar-lhe uma bebida para "ganhar músculo".

"O Rohan tinha acabado de fazer 16 anos. Tinha toda a vida pela frente, tantas esperanças e sonhos. Este mundo é um lugar mais sombrio com a perda de uma alma tão bondosa e gentil", lamentou, segundo o Metro.

Sabe-se agora que o aumento súbito de proteína espoletou uma condição genética conhecida como deficiência de ornitina transcarbamilase (OTC), que provocou a desintegração de amoníaco na corrente sanguínea do jovem, atingindo níveis letais.

Contudo, esta doença não pôde inicialmente ser identificada como causa da morte, uma vez que os órgãos de Rohan foram doados após o óbito.

Na terça-feira, o médico legista Tom Osborne considerou que estas bebidas proteicas deveriam de ter avisos, já que "embora a OTC seja uma condição rara, pode ter efeitos nocivos se alguém beber [um desses batidos]".

Já Finbar O'Callaghan, professor de neurologia pediátrica da University College London, concordou com este argumento, indicando que uma intervenção semelhante poderá "salvar vidas".

Segundo o especialista, se os profissionais de saúde tivessem feito exames aos níveis de amoníaco do jovem, este "provavelmente" teria sobrevivido.

A investigação à morte do adolescente prossegue.

Leia Também: É filho de pais vimarenses e é o melhor aluno de Português do Reino Unido

Recomendados para si

;
Campo obrigatório