Meteorologia

  • 02 MARçO 2024
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 14º

Avó volta a ser nadadora-salvadora 50 anos depois de ter abraçado emprego

Gail fez uma pausa na reforma para que a piscina da comunidade não fechasse.

Avó volta a ser nadadora-salvadora 50 anos depois de ter abraçado emprego
Notícias ao Minuto

10:34 - 28/06/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Verão

Uma avó do estado norte-americano do Ohio fez uma pausa nos dias de reforma para abraçar um emprego de verão como nadadora-salvadora e dessa forma garantir que a piscina da comunidade continua aberta, fazendo assim frente a escassez de nadadores-salvadores que está a atingir os EUA.

Conta a Fox19 que Gail Rodgers, de 66 anos, decidiu voltar ao ativo depois de os responsáveis pela piscina terem anunciado que o horário de acesso a esta teria de ser reduzido devido à falta de nadadores-salvadores.

Gail, que já tinha sido nadadora-salvadora durante a adolescência, nem pensou duas vezes. Ofereceu-se para voltar a assumir as funções que tinha desempenhado há 50 anos.

"Pensei: 'Bem, fui nadadora-salvadora no final dos anos 60, posso fazer isso novamente", disse em entrevista ao canal.

Depois de tomar esta decisão, Gail fez o curso de nadadora-salvadora e passou com distinção no teste físico.

"Os alunos nadam 12 piscinas. Têm de correr para a água num tempo estipulado, mergulhar, apanhar um tijolo do fundo da piscina e ainda voltar a nadar até à margem. O exercício não é nenhum passeio no parque", revelaram os responsáveis pela piscina durante a mesma reportagem.

Gail, que é mãe de dois filhos e avó de três crianças, começou a trabalhar oficialmente como nadadora-salvadora a tempo parcial a 27 de maio. No pico do verão é possível que faça mais horas.

Leia Também: Municípios defendem criação de carreira profissional de nadador-salvador

Recomendados para si

;
Campo obrigatório