Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 16º

Fingir de morto? Saiba como reagir perante a presença de um tubarão

Não são animais muito vistos no mar português, mas como sabedoria nunca é demais, eis como reagir perante a presença deste predador.

Fingir de morto? Saiba como reagir perante a presença de um tubarão
Notícias ao Minuto

11:21 - 27/06/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Tubarão

Com a chegada do calor há um destino que prevalece na cabeça da maioria das pessoas: praia.

Embora este seja o 'programa' ideal para as pessoas que gostam de água e calor, o facto é que há perigos aos quais temos que estar atentos e saber reagir perante eles.

Apesar de a presença de tubarões no mar português não ser algo habitual, são cada vez mais os locais turísticos que acabam por ser marcados pela 'visita' destes predadores.

Portanto, apesar de ser pouco provável, nunca é demais saber como reagir perante a presença deste animal. Os conselhos são de um especialista à ABC.

Manter a calma

A primeira recomendação é difícil de controlar, mas crucial. Os tubarões não estão habituados a atacar de frente, por isso, se aparecer um, é aconselhável não entrar em pânico, manter a calma e não perder o animal de vista. Os especialistas lembram-nos que, quando atacam, geralmente fazem-no de forma repentina e violenta, mas raramente quando estão de frente para nós.

Não mostre medo

O tamanho também é importante para os tubarões. Estes animais têm geralmente em conta o tamanho dos seus "adversários" e hesitarão em atacar se virem que é superior e/ou mais forte do que eles e decidirão abandonar a área.

Ignore-o

Por outro lado, se o tubarão estiver a nadar mas não parecer que o vai desafiar, é melhor fazer-se de pequeno e não se meter com ele. Deixe-o passar. A este respeito, também é aconselhável não salpicar ou perturbar um tubarão, pois atrairá ainda mais a atenção e poderá fazer com que ele venha na sua direção.

Fingir-se de morto? Nem pensar!

Muitos acreditam, erradamente, que ao ser atacado se deve fingir de morto. No caso do tubarão, esta não é a atitude a assumir. Pelo contrário, se for atacado o melhor que tem a fazer é defender-se de toda e qualquer forma. Caso contrário, o animal aproveitará para o atacar ainda mais.

Socos, pedras, pontapés podem ser úteis e bater nos olhos ou no nariz do animal pode ser particularmente irritante.

Não faça do mar... casa de banho

Por fim, os especialistas lembram que os tubarões são atraídos pelo sangue, que podem cheirar de longe, e o mesmo acontece com a urina. Por esta razão, é melhor não utilizar o mar como... casa de banho.

Leia Também: Pescador mordido por tubarão quando lavava as mãos na água. Ora veja

Recomendados para si

;
Campo obrigatório