Meteorologia

  • 13 ABRIL 2024
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 29º

Itália. Justiça anula prisão perpétua do líder anarquista Alfredo Cospito

O Tribunal Penal de Turim condenou a 23 anos de prisão o líder anarquista Alfredo Cospito, que desde maio de 2022 está sujeito a rigoroso regime de isolamento prisional, e tinha sido condenado a prisão perpétua.

Itália. Justiça anula prisão perpétua do líder anarquista Alfredo Cospito
Notícias ao Minuto

23:50 - 26/06/23 por Lusa

Mundo Itália

A sentença, proferida em tribunal de recurso, segue-se a fortes protestos em que grupos de anarquistas vandalizaram edifícios diplomáticos italianos em Espanha, Grécia e Alemanha, e depois de Cospito ter estado em greve de fome, entre outubro de 2022 e abril último.

O caso envolveu o Supremo Tribunal e o Tribunal Constitucional que se pronunciaram de forma diversa sobre a colocação de Alfredo Cospito no regime de isolamento prisional conhecido como "41Bis" e que é geralmente reservado aos mafiosos e aos criminosos mais perigosos.

Cospito foi colocado naquele regime de isolamento em maio de 2022.

O líder da Federação Informal dos Anarquistas (FAI) foi condenado em primeira instância a nove anos e cinco meses de prisão por ter atacado um executivo de uma empresa, em 2012, e ainda a mais 20 anos de prisão por um ataque com dois pacotes-bomba a uma escola de oficiais da polícia, em 2006, do qual não resultaram feridos, segundo a agência Efe.

Porém, no ano passado, o Supremo Tribunal considerou que o ataque tinha um objetivo subversivo, que é punível com prisão perpétua e sem possibilidade de revisão da pena.

A posição do Supremo foi bastante criticada no meio político, com o caso a chegar ao Tribunal Constitucional que em abril último deu razão ao anarquista e anulou a regra que impedia a apreciação de circunstâncias atenuantes.

O processo acabou, assim, por voltar ao tribunal de Turim que, apesar de os procuradores continuarem a pedir prisão perpétua, acabou por fixar a pena, em decisão final, em 23 anos de prisão.

Leia Também: Giorgia Meloni confirmada presidente dos conservadores europeus

Recomendados para si

;
Campo obrigatório