Meteorologia

  • 13 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 29º

Lula promete acabar totalmente com a desflorestação da Amazónia até 2030

O presidente do Brasil prometeu hoje que será "muito duro com quem derrubar uma árvore na Amazónia" e estipulou 2030 como o prazo para acabar totalmente com a desflorestação da região, considerada o pulmão do planeta.

Lula promete acabar totalmente com a desflorestação da Amazónia até 2030
Notícias ao Minuto

22:34 - 22/06/23 por Lusa

Mundo Brasil

"Vamos ser muito duros contra qualquer pessoa que derrube uma árvore para plantar soja, cereais ou para pastagens", disse Lula, quando interveio, em Paris, no início do concerto a favor do ambiente, promovido pela Organização Não Governamental Global Citizen, e no qual atuaram gratuitamente os cantores Lenny Kravitz e Billie Eilish, entre outros.

'Lula' da Silva disse que a Amazónia é "um território soberano do Brasil, mas ao mesmo tempo pertence a humanidade", e acrescentou, citado pela agência espanhola de notícias, a EFE, que "por isso mesmo há que o fazer o necessário para manter a floresta de pé".

Lembrando todos os benefícios desta enorme floresta, o chefe de Estado salientou que o Brasil tem 87% de território renovável, o que compara com 27% da média mundial.

"Gostaria que todos vocês viessem ao Brasil em 2025, quando celebrarmos a COP30 no estado do Amazonas e quero também que falem da Amazónia como o pulmão do mundo", apontou.

Lula, presente em Paris para participar na cimeira para um novo pacto financeiro global, que conjugue ajuda ao desenvolvimento com a preservação do meio ambiente, criticou também os países do Ocidente, dizendo que "não foi a África ou a América Latina que contaminou o planeta nos últimos 200 anos, mas sim os que fizeram a revolução industrial e por isso têm que pagar essa dívida histórica ao planeta Terra".

Leia Também: Lula da Silva conversa com presidentes de Cuba e da África do Sul

Recomendados para si

;
Campo obrigatório