Meteorologia

  • 22 JULHO 2024
Tempo
36º
MIN 18º MÁX 37º

China critica plano dos EUA para assinar acordo comercial com Taiwan

A China criticou hoje os planos dos Estados Unidos para assinar um tratado comercial com Taiwan e pediu a Washington que interrompa os contactos oficiais com a ilha, que Pequim reivindica como parte do seu território.

China critica plano dos EUA para assinar acordo comercial com Taiwan
Notícias ao Minuto

11:50 - 01/06/23 por Lusa

Mundo Taiwan

"Os Estados Unidos devem interromper qualquer forma de intercâmbio oficial com Taiwan, absterem-se de negociar acordos com Taiwan que tenham caráter soberano ou de natureza oficial e absterem-se de enviar sinais errados às forças separatistas de Taiwan", disse a porta-voz da diplomacia chinesa, Mao Ning.

O acordo, que deve ser assinado hoje, ocorre numa altura em que a China exerce crescente pressão para intimidar Taiwan, através do envio de aviões e navios de guerra para perto do território, com frequência quase diária.

Vários políticos norte-americanos e europeus visitaram Taiwan, numa demonstração de apoio ao governo eleito do território.

China e Taiwan vivem como dois territórios autónomos desde 1949, altura em que o antigo governo nacionalista chinês se refugiou na ilha, após a derrota na guerra civil frente aos comunistas. Pequim considera Taiwan parte do seu território e ameaça a reunificação através da força, caso a ilha declare formalmente a independência.

Os Estados Unidos não têm relações oficiais com Taiwan, mas mantêm extensos laços informais e trocas comerciais avaliadas em milhares de milhões de dólares.

As autoridades norte-americanas e taiwanesas dizem que a Iniciativa EUA - Taiwan sobre o comércio vai impulsionar as trocas ao simplificar os procedimentos nas alfândegas, investimentos e outras regras.

O acordo deve ser assinado por funcionários das entidades não oficiais que representam os dois governos em cada país, numa cerimónia com a presença de representantes comerciais de ambos os lados, segundo o governo taiwanês.

Leia Também: Taiwan deteta 33 caças e dez navios de guerra chineses

Recomendados para si

;
Campo obrigatório