Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
24º
MIN 17º MÁX 25º

Rússia reclama avanços na região de Donetsk

O Ministério da Defesa da Rússia informou hoje que as suas forças avançaram na área de Avdiivka, o novo centro dos combates na região de Donetsk, no leste da Ucrânia.

Rússia reclama avanços na região de Donetsk
Notícias ao Minuto

19:45 - 31/05/23 por Lusa

Mundo Ucrânia

De acordo com o porta-voz da Defesa, Igor Konashenkov, as tropas russas conseguiram expulsar unidades ucranianas em posições junto das cidades de Krasnohorivka e Yasinuvata, a poucos quilómetros de Avdiivka.

"Na frente de Donetsk, a luta mais feroz está a ocorrer agora na área de Avdiivka", acrescentou.

Konashenkov disse também que as forças russas continuam as suas ações ofensivas em redor de Mariinka, outro dos principais campos de batalha da região.

A ofensiva militar lançada a 24 de fevereiro de 2022 pela Rússia na Ucrânia causou até agora a fuga de mais de 14,7 milhões de pessoas -- 6,5 milhões de deslocados internos e mais de 8,2 milhões para países europeus -, de acordo com os mais recentes dados da ONU, que classifica esta crise de refugiados como a pior na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Pelo menos 18 milhões de ucranianos precisam de ajuda humanitária e 9,3 milhões necessitam de ajuda alimentar e alojamento.

A invasão russa -- justificada pelo Presidente russo, Vladimir Putin, com a necessidade de "desnazificar" e desmilitarizar a Ucrânia para segurança da Rússia - foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que tem respondido com envio de armamento para a Ucrânia e imposição à Rússia de sanções políticas e económicas.

Leia Também: AO MINUTO: Ucrânia? "Direito a defender-se"; Há 27 mil civis em cativeiro

Recomendados para si

;
Campo obrigatório