Meteorologia

  • 22 JULHO 2024
Tempo
37º
MIN 18º MÁX 37º

Ameaças dos EUA perante detenção de jornalista "vão colher tempestade"

Segundo Zakharova, os Estados Unidos nada fizeram para compreender os motivos por detrás da detenção do jornalista.

Ameaças dos EUA perante detenção de jornalista "vão colher tempestade"
Notícias ao Minuto

18:43 - 31/03/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Ucrânia/Rússia

A porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Maria Zakharova, avisou, esta sexta-feira, que as ameaças por parte dos Estados Unidos face à detenção de Evan Gershkovich, jornalista do Wall Street Journal acusado de espionagem pelo Serviço de Segurança Federal Russo (FSB), "vão colher uma tempestade".

"Viraram-se imediatamente para ameaças, represálias contra jornalistas russos. Se essa lógica continuar no espaço público, vão colher uma tempestade", disse Zakharova, em entrevista ao programa ‘60 Minutes’, no canal russo Rossiya 1.

Segundo a responsável, citada pela agência Reuters, os Estados Unidos nada fizeram para compreender os motivos por detrás da detenção do jornalista, que tanto Zakharova como o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disseram ter sido "apanhado em flagrante". Não mostraram, contudo, qualquer prova.

Também esta sexta-feira, o presidente norte-americano, Joe Biden, apelou para que Moscovo liberte Gershkovich, um dia depois de a sua administração ter solicitado que todos os cidadãos norte-americanos abandonem a Rússia.

O Wall Street Journal, por seu turno, negou que o jornalista fosse um espião, considerando que "expulsar o embaixador russo e todos os jornalistas russos a trabalhar [nos EUA] seria o mínimo". Ainda assim, Biden assegurou que expulsar diplomatas russos não estava, de momento, nos planos do país.

O jornalista ficará em prisão preventiva até, pelo menos, 29 de maio, por decisão de um tribunal de Moscovo.

Leia Também: Biden pede à Rússia para libertar jornalista do Wall Street Journal

Recomendados para si

;
Campo obrigatório