Meteorologia

  • 15 JULHO 2024
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 26º

MNE italiano diz a homólogo dos EUA que vão colaborar na Tunísia

O ministro dos Negócios Estrangeiros italiano disse hoje ao secretário de Estado norte-americano que a Itália e os Estados Unidos irão colaborar estreitamente na Tunísia, numa tentativa de estabilizar o país e afastar um potencial êxodo de migrantes.

MNE italiano diz a homólogo dos EUA que vão colaborar na Tunísia
Notícias ao Minuto

19:23 - 28/03/23 por Lusa

Mundo Migrações

"A Tunísia é um ator central para a segurança e estabilidade do Mediterrâneo. A Itália está pronta, através de uma cooperação cada vez mais estreita com os países da União Europeia (UE) e os Estados Unidos, a contribuir para a estabilidade do país", disse o chefe da diplomacia italiana, Antonio Tajani, ao seu homólogo norte-americano, Antony Blinken, num telefonema citado pela agência italiana ANSA.

"Devemos tomar medidas conjuntas para que as principais instituições financeiras internacionais possam intervir para apoiar a Tunísia, que por sua vez terá de enveredar, necessariamente, por uma via de reformas sustentáveis e eficazes", acrescentou Tajani, referindo-se a um importante empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI) que está condicionado a reformas no país do norte de África.

Itália é abrangida pela chamada rota do Mediterrâneo Central, uma das rotas migratórias mais mortais, que sai da Líbia, Argélia e da Tunísia em direção à Europa, nomeadamente aos territórios italiano e maltês.

Leia Também: Itália acolhe em abril conferência sobre reconstrução da Ucrânia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório