Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 23º

Ucranianos dizem que russos na Crimeia começaram a deixar a península

Península está ocupada por forças russas desde 2014.

Ucranianos dizem que russos na Crimeia começaram a deixar a península
Notícias ao Minuto

20:50 - 24/03/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Guerra na Ucrânia

A inteligência militar ucraniana avançou, esta sexta-feira, que o comando russo e os representantes instalados por Moscovo na Crimeia começaram a deixar a península ocupada desde 2014, vendendo os seus imóveis e retirando as suas famílias.

"Para que (na Crimeia) haja paz e ordem, é necessário libertar a península e levar o governo ucraniano legítimo de volta para lá... para devolver a Crimeia ao seu porto ucraniano nativo, o que definitivamente acontecerá em breve", disse o porta-voz da Direção Principal de Inteligência do Ministério da Defesa da Ucrânia, Andrii Yusov, citado pelo jornal ucraniano The Kyiv Independent.

A península da Crimeia está sob ocupação russa desde 2014, altura em que a Rússia organizou um referendo - alegadamente falso - para anexar o território.

Depois da invasão russa da Ucrânia em grande escala, começada em fevereiro de 2022, o presidente Volodymyr Zelensky prometeu recuperar todos os territórios ucranianos anexados por Moscovo, incluindo a Crimeia.

Segundo a ONU, a invasão russa da Ucrânia, justificada pelo Kremlin com o objetivo de 'desnazificar' o país vizinho, já levou à morte de mais de 8.300 civis.

Leia Também: Líder pró-russo da Crimeia cria novo grupo de mercenários

Recomendados para si

;
Campo obrigatório