Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 25º

Von der Leyen junta-se a Macron a viagem à China já em abril

O chefe de Estado de França terá convidado Ursula von der Leyen para se juntar à viagem a Pequim que tinha já agendada para essa altura.

Von der Leyen junta-se a Macron a viagem à China já em abril

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o presidente francês, Emmanuel Macron, viajarão juntos até território chinês já no início de abril, reporta a Reuters. 

Isto porque o chefe de Estado de França terá convidado Ursula von der Leyen para se juntar à viagem a Pequim que tinha já agendada para essa altura.

Sobre esse convite, Macron explicou que se pretende, assim, passar uma imagem de união à China, segundo reporta a imprensa internacional.

A visita acontecerá apenas algumas semanas após o presidente chinês, Xi Jinping, ter realizado uma visita de Estado a Moscovo, num contexto que fica indubitavelmente marcado pela guerra na Ucrânia. O encontro aconteceu, precisamente, no início desta semana.

Isto numa altura em que vários países do Ocidente têm já pressionado Xi Jinping para não prestar apoio ao Kremlin no contexto da sua investida militar - e para que, também, aja no sentido de persuadir Vladimir Putin a colocar um 'ponto final' no conflito.

Desde o início da guerra, que se iniciou a 24 de fevereiro do ano passado, os países da NATO e da União Europeia apressaram-se a disponibilizar apoio financeiro, militar e humanitário para ajudar a Ucrânia a fazer face à invasão da Rússia. O país invasor, por outro lado, foi alvo de pacotes de sanções consecutivos (e concertados) aplicados pelos parceiros de Kyiv.

Até agora, mais de 8 mil civis já morreram, ao passo que mais de 13 mil ficaram feridos na sequência dos combates no terreno, segundo os cálculos da Organização das Nações Unidas (ONU).

Leia Também: ONU acusa Kyiv e Moscovo de "execuções sumárias" a prisioneiros de guerra

Recomendados para si

;
Campo obrigatório