Meteorologia

  • 25 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 24º

Militares ucranianos dizem que 3.500 civis continuam em Bakhmut

Cerca de 3.500 civis ucranianos mantêm-se na cidade de Bakhmut, no leste da Ucrânia, atingida por violentos combates entre as forças invasoras da Rússia e as defesas ucranianas, disse hoje a Administração Militar de Donetsk. 

Militares ucranianos dizem que 3.500 civis continuam em Bakhmut
Notícias ao Minuto

11:24 - 23/03/23 por Lusa

Mundo Ucrânia/Rússia

De acordo com a mesma fonte, as autoridades ucranianas tentam "convencer" as 3.500 pessoas que permanecem na cidade que era habitada por 84 mil residentes antes do dia 24 de fevereiro do ano passado, data do início da segunda invasão russa da Ucrânia.

Pavlo Kyrylenko, da Administração Militar de Donetsk, os civis que ainda se encontram na cidade têm a cargo um total de 32 menores e vivem permanentemente em refúgios. 

Na quarta-feira, a vice-primeira-ministra da Ucrânia, Iryna Vereshchuk, dizia que eram dez as crianças que continuam em Bakhmut. 

Em concreto, a situação na cidade ainda não foi acompanhada por fontes independentes.

No passado dia 07 de março, Kyiv "ordenou" a evacuação total da cidade, onde deveriam encontrar-se, na altura, cerca de quatro mil civis.

As forças russas, incluindo os combatentes contratados pela empresa de mercenários Wagner, controlam parte da cidade, de acordo com fontes militares de Moscovo e de Kyiv. 

Leia Também: O momento em que prédio é alvo de bombardeamento em Bakhmut

Recomendados para si

;
Campo obrigatório