Meteorologia

  • 22 JULHO 2024
Tempo
30º
MIN 18º MÁX 37º

Cheias aumentam à medida que nova tempestade se aproxima da Califórnia

Equipas apressaram-se a reparar uma brecha no dique de um rio que transbordou na costa central da Califórnia, antes que outra tempestade chegue hoje à noite, alagando mais ainda as terras agrícolas daquele Estado norte-americano.

Notícias ao Minuto

06:58 - 14/03/23 por Lusa

Mundo EUA

A primeira rutura do dique do rio Pajaro aumentou até atingir pelo menos 120 metros desde que começou, na sexta-feira, indicaram as autoridades, acrescentando que mais de 8.500 pessoas se viram obrigadas a abandonar as suas casas e que cerca de 50 pessoas tiveram de ser resgatadas quando o nível da água subiu, durante a noite.

Mesmo assim, algumas pessoas ficaram para trás, em Pajaro, uma área conhecida pela sua produção de morangos e que está agora quase toda inundada, e a comunidade agrícola maioritariamente hispânica que ali reside já se debate com dificuldades para arranjar alimentos, com tantas estradas e lojas fechadas em consequência da tempestade.

"Algumas pessoas não têm para onde ir e, se calhar, é por isso que ainda lá estão: basicamente, não sabem para onde ir e não têm dinheiro para subsistir", disse hoje uma residente, Jorbelit Rincon.

Uma segunda brecha abriu mais 30,48 metros no dique do rio mais perto da costa do oceano Pacífico, fornecendo uma "válvula de escape" para fazer recuar as águas perto da foz do rio, indicaram hoje as autoridades numa conferência de imprensa.

Os meteorologistas alertaram para mais inundações, danos causados pelo vento e possíveis corte de energia elétrica em consequência da nova tempestade que deve atingir terra hoje à noite, nas partes norte e central do Estado e mover-se para sul ao longo dos próximos dias.

Este inverno, a Califórnia foi atingida por 10 tempestades designadas como "rios atmosféricos", que são longas e estreitas faixas de humidade que se transformam em chuva e neve quando atingem a costa.

A água da próxima tempestade provavelmente fará transbordar o dique do rio Pajaro - mas as equipas estão a trabalhar para garantir que a rutura não aumenta, indicou Shaunna Murray, da Agência de Recursos Hídricos do Condado de Monterey.

No fim de semana, as equipas de emergência tiveram que construir vias de acesso para chegar ao local da brecha, transportando rochas, pedregulhos e gravilha para preencher os buracos causados pelas cheias.

O rio separa os condados de Santa Cruz e Monterey, cerca de 110 quilómetros a sul de São Francisco.

Leia Também: Rios atmosféricos inundam Califórnia com mais chuva e neve

Recomendados para si

;
Campo obrigatório