Meteorologia

  • 22 JULHO 2024
Tempo
28º
MIN 18º MÁX 37º

Cheias cortam ferrovia entre Moçambique e Zimbabué

A linha férrea que liga a província de Gaza, sul de Moçambique, e o Zimbabué está interrompida devido às cheias, disse hoje à Lusa o porta-voz da empresa Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM).

Cheias cortam ferrovia entre Moçambique e Zimbabué
Notícias ao Minuto

14:38 - 28/02/23 por Lusa

Mundo Cheias

"A linha do Limpopo está inativa desde o dia 24 e a chuva intensa está a dificultar o restabelecimento da circulação", afirmou Adélio Dias.

O porta-voz da CFM declarou que decorrem trabalhos visando a reposição da circulação de comboios, mas as inundações tornam "impraticável avançar com datas para o restabelecimento" entre Moçambique e Zimbabué, através da linha férrea do Limpopo.

Em declarações à emissora pública Rádio Moçambique, a administradora do Limpopo, Cassilda Banze avançou que vários troços da ferrovia foram cortados pelas inundações.

A administradora alertou para o risco de escassez de alimentos nos distritos da região que dependem da circulação ferroviária para o abastecimento de produtos essenciais.

Em Moçambique, a ocorrência de inundações é recorrente nesta altura do ano, mas, ainda assim, a pluviosidade tem estado acima do esperado desde o início do mês.

Outra via ferroviária, a linha de Goba, que liga Moçambique e Essuatíni no extremo sul do país, foi reativada na segunda-feira, após cerca de duas semanas cortada devido a um deslizamento de terras provocado por chuva intensa.

Leia Também: Grupo extremista Estado Islâmico fez 384 ataques em Moçambique em 2021

Recomendados para si

;
Campo obrigatório