Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 28º

Maputo. Cinco detidos por corrupção no antigo regulador de transportes

O Gabinete Central de Combate à Corrupção (GCCC) anunciou esta quinta-feira a detenção da antiga diretora-geral do extinto Instituto Nacional de Transporte Terrestre e Rodoviário (Inatter) e de outras quatro pessoas ligadas a esta entidade por corrupção.

Maputo. Cinco detidos por corrupção no antigo regulador de transportes
Notícias ao Minuto

12:08 - 09/02/23 por Lusa

Mundo Moçambique

"Os arguidos são indiciados da prática dos tipos legais de crime de abuso de cargo ou função, corrupção passiva para ato ilícito, administração danosa, pagamento de remunerações indevidas, violação de regras de gestão, participação económica em negócio e associação criminosa", refere o GCCC, em comunicado.

Os atos imputados à antiga diretora-geral do Inatter e a mais quatro pessoas foram praticados entre 2018 e 2021, avança-se na nota.

Além da diretora-geral, estão também presos a ex-chefe do departamento de administração e finanças do Inatter, dois antigos técnicos da instituição e uma antiga trabalhadora de uma empresa fornecedora de serviços.

"O processo com cinco arguidos presos foi remetido ao juiz de instrução criminal", refere-se ainda no comunicado do GCCC.

O Governo moçambicano extinguiu o Inatter em 2021, criando no seu lugar o Instituto Nacional de Transporte Rodoviário (Inatro).

Leia Também: Recenseamento eleitoral em Moçambique arranca a 20 de abril

Recomendados para si

;
Campo obrigatório