Meteorologia

  • 04 MARçO 2024
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 17º

Ataque de extremistas islâmicos matou três agentes de segurança no Mali

Pelo menos três agentes de segurança do Mali morreram hoje num ataque terrorista contra um posto de controlo na localidade de Nara, localizada na região de Kulikoró e na fronteira com a Mauritânia.

Ataque de extremistas islâmicos matou três agentes de segurança no Mali
Notícias ao Minuto

20:58 - 07/02/23 por Lusa

Mundo Mali

Fontes da segurança disseram à agência Efe que os mortos neste ataque, ocorrido nos arredores da cidade de Nara, são dois polícias e um gendarme, sem dar mais detalhes.

Nessas áreas, localizadas ao norte de Bamaco, atuam os combatentes do movimento extremista Grupo de Apoio ao Islão e aos Muçulmanos, ligado à Al-Qaida e que atacam continuamente as forças malianas.

Fonte da polícia disse à agência France-Presse que os efetivos das Forças de Defesa e Segurança repeliram o ataque.

"Cerca de 15 atacantes" foram "mortos" durante a operação, acrescentou a mesma fonte.

Na passada terça-feira, dois agentes de segurança foram mortos e outras sete pessoas ficaram feridas (três polícias e quatro civis) num ataque semelhante com armas de fogo contra um posto de controlo na localidade de Sienso, a leste de Bamaco.

O país, mergulhado numa profunda crise de segurança desde 2012, é governado por uma junta militar após dois golpes liderados pelo coronel Assimi Goita, que se recusou a convocar eleições em fevereiro passado, conforme prometido, e adiou-as para fevereiro de 2024.

A violência extremista islâmica começou no norte, e afeta atualmente principalmente o centro e o leste e espalhou-se para os vizinhos Burkina Faso e Níger.

Leia Também: Mali. Estatuto de 'persona non grata' não é aplicável a pessoal da ONU

Recomendados para si

;
Campo obrigatório