Meteorologia

  • 16 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 25º

ONU. China denunciada por "assimilação" forçada de crianças tibetanas

Um grupo de especialistas das Nações Unidas denunciou hoje a China por assimilação forçada de um milhão de crianças tibetanas, através de um sistema de internatos escolares.

ONU. China denunciada por "assimilação" forçada de crianças tibetanas
Notícias ao Minuto

16:13 - 06/02/23 por Lusa

Mundo ONU

Segundo os relatores especiais da ONU, as autoridades chinesas obrigam as crianças tibetanas a integrar-se na cultura han, que é a maioritária no país.

Estas políticas educativas funcionam à escala cultural, religiosa e linguística, fazendo com que as crianças da região do Tibete recebam educação em mandarim, sem que lhes seja dada a opção de estudar a língua e a cultura da minoria a que pertencem.

"As crianças estão a perder a fluência na sua língua materna e a capacidade de comunicar com os seus pais e avós (...) o que contribui para a erosão da sua identidade", sublinham os especialistas num comunicado.

Também advertiram de que o número de crianças em internatos escolares é proporcionalmente maior no Tibete que no resto da China -- onde apenas cerca de 20% das crianças são educadas em instituições semelhantes -- e atribuíram essa situação ao encerramento de escolas rurais naquela região.

Esses estabelecimentos de ensino foram substituídos por outros municipais, que muitas vezes se situam demasiado longe das casas das crianças, o que lhes exige que fiquem a residir nas escolas.

Os relatores da ONU mostraram-se "alarmados com esta política de assimilação" e consideraram que é contrária à proibição da discriminação e aos direitos educativos, linguísticos e culturais, bem como à liberdade religiosa da minoria tibetana.

Os especialistas que assinam esta declaração são o relator especial das Nações Unidas para os Assuntos das Minorias, Fernand de Varennes; a relatora especial para o Direito à Educação, Farida Shaheed; e a relatora especial para os Direitos Culturais, Alexandra Xanthaki.

Leia Também: Soldado da paz da ONU foi morto em ataque contra helicóptero na RDC

Recomendados para si

;
Campo obrigatório