Meteorologia

  • 21 MARçO 2023
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 21º

Eleitores nos EUA antecipam duelo Biden-Trump mas anseiam 'sangue novo'

As presidenciais norte-americanas de 2024 deveriam ser uma oportunidade para os partidos apresentarem novos nomes, defenderam eleitores ouvidos pela Lusa, que antecipam que Joe Biden saia vencedor numa eventual corrida contra Donald Trump.

Eleitores nos EUA antecipam duelo Biden-Trump mas anseiam 'sangue novo'
Notícias ao Minuto

10:47 - 05/02/23 por Lusa

Mundo EUA

Cansados da velha política, eleitores nas ruas de Nova Iorque, especialmente jovens, gostariam de ver a juventude representada nas suas opções políticas, mas acreditam que serão os nomes da 'velha guarda' a dominar as eleições em 2024.

"Biden possivelmente irá voltar a concorrer, mas eu acho que o atual sistema partidário deveria concentrar-se nas gerações mais jovens. Sinto que não está a contribuir para as pessoas na casa dos 20, 30 e 40 anos", começou por dizer Tony, um gestor empresarial de 34 anos que se assumiu como eleitor Democrata.

"Estou cansado de votar em pessoas que estão constantemente no mesmo círculo. Queremos ver membros mais jovens do partido, queremos Democratas mais moderados, queremos ver o lado conservador do Partido Democrata. Talvez consigamos roubar eleitores Republicanos ou moderados se formos para uma plataforma diferente do Partido Democrata habitual", defendeu.

Apesar de acreditar que Biden venceria uma hipotética corrida contra Trump, Tony ainda acha que seria "interessante" ver como os eleitores norte-americanos reagiriam ao regresso político do magnata Republicano.

Biden completou 80 anos em novembro e, se reeleito, faria 82 no início de um segundo mandato. Já Trump tem 76 anos.

Ao contrário de Donald Trump, que já avançou com o seu primeiro evento de campanha, o atual Presidente dos Estados Unidos ainda não confirmou se irá efetivamente concorrer, apesar de vários analistas preverem que o anúncio está para breve, presumivelmente a seguir ao discurso do Estado da União, agendado para a próxima terça-feira.

"Biden irá concorrer novamente, mas o seu desempenho político tem deixado muito a desejar", disse à Lusa Abaz, um comercial bancário Republicano de 48 anos.

Como Republicano, o nova-iorquino não vê com bons olhos a recandidatura de Trump, admitindo que não votaria no magnata.

As preferências de Abaz recaem sobre o atual governador da Florida, Ron DeSantis, que vem sendo apontado como o principal rival de Trump dentro do partido.

Para Avery, um fotógrafo Democrata de 18 anos, Joe Biden venceria facilmente uma disputa contra Donald Trump, mas se o atual chefe de Estado conseguir a reeleição, isso não "seria benéfico para ele ou para o país".

Aludindo à idade e ao historial de Biden, Avery afirmou que o Democrata "provavelmente não seria capaz de manter o seu estado mental de forma adequada para liderar o país".

Por outro lado, é um octogenário a primeira escolha deste jovem fotógrafo: o senador Bernie Sanders.

Atualmente com 81 anos, Sanders goza de grande popularidade entre os jovens eleitores, para a qual contribui a sua forte defesa dos direitos reprodutivos e da ação climática.

Caso Sanders não se apresente às presidenciais de 2024, a "esperança" de Avery é a congressista Democrata Alexandria Ocasio-Cortez, de 33 anos (teria 35 anos em 2024, idade mínima para se candidatar).

"Acho que há muitos novos nomes Democratas que dariam bons candidatos. A minha esperança é que Alexandria Ocasio-Cortez concorra à Presidência porque irei votar nela, caso Bernie Sanders não se candidate", disse.

Em relação à recandidatura de Trump, Avery teme que se repita o episódio de violência de 06 de janeiro de 2021, quando apoiantes do magnata invadiram o Capitólio norte-americano para tentar impedir a validação da vitória de Biden.

"Acho que se Trump concorrer pela terceira vez, sairá derrotado. E, provavelmente, não ficará muito satisfeito com esse resultado, o que não seria bom, considerando que o seu partido e os seus seguidores são capazes de fazer. Acho que se concorrer novamente, coisas nocivas irão acontecer, quer ganhe, quer perca", anteviu.

Já Mahir, um músico Republicano de 19 anos, disse à Lusa que, apesar das suas preferências partidárias, não hesitaria em votar em Biden, caso tivesse de escolher entre o atual Presidente e Donald Trump.

"Eu não apoiei a Presidência de Trump e não votaria nele de forma alguma. Entre os dois, eu votaria em Biden, apesar de não ser fã das suas políticas", disse à Lusa o artista.

Contudo, "acho que é hora de um novo Presidente", de um "novo nome", defendeu o jovem.

Para Isabelle, uma empresária do ramo de comunicação e relações públicas, a idade de Biden é um fator de preocupação, sendo que muitos norte-americanos "já duvidam das suas capacidades precisamente pela idade avançada".

"Por muito que até tenha bastante respeito e admiração pelo serviço prestado à nação por pelo nosso atual Presidente, temo que a sua idade possa dificultar ainda mais a árdua tarefa de ser Presidente dos Estados Unidos", disse a empresária de 50 anos.

Isabelle não tem duvidas em apontar nomes que poderão ser mais capazes do que Biden para representar os Democratas em 2024, como a governadora do Michigan, Gretchen Whitmer; o governador da Califórnia, Gavin Newsom; Pete Buttigieg, o atual secretário dos Transportes e "uma estrela Democrata em ascensão"; ou até mesmo a atual vice-presidente, Kamala Harris.

Do lado Republicano, a empresária vê mais capacidades em Ron DeSantis do que em Trump, uma vez que, "apesar de reconhecer algumas valências do ponto de vista económico", toda a postura e discursos do magnata "resultaram numa grande divisão e inflamação da opinião pública".

Contudo, numa eventual disputa entre Biden e Trump, Isabelle foi a única nova-iorquina ouvida pela Lusa a avaliar que "muito provavelmente" o Republicano conseguiria derrotar o atual Presidente.

Leia Também: China acusa EUA de violar práticas internacionais por abater balão

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório