Meteorologia

  • 01 MARçO 2024
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 15º

Despedido 6.º agente envolvido na morte de Tyre Nichols

A polícia de Memphis, no Estado norte-americano do Tennesse, divulgou esta sexta-feira que demitiu um sexto agente na sequência da investigação sobre a morte do jovem afro-americano Tyre Nichols, espancando até à morte durante a sua detenção.

Despedido 6.º agente envolvido na morte de Tyre Nichols
Notícias ao Minuto

06:27 - 04/02/23 por Lusa

Mundo EUA

Preston Hemphill, que é branco, já tinha sido suspenso das suas funções após o incidente e foi agora demitido depois ter sido determinado que cometeu "violações múltiplas" das regras do departamento de polícia, anunciou a força policial em comunicado.

Em concreto, Hemphill é acusado de várias infrações administrativas, incluindo má conduta e falsidade ao informar os seus superiores sobre o ocorrido, noticiou a agência Efe.

Os outros cinco policias que foram demitidos, todos afro-americanos, estão detidos e enfrentam várias acusações criminais pela morte de Nichols, que foi preso em 07 de janeiro em Memphis.

O vídeo da detenção, divulgado em 27 de janeiro, mostra que os polícias detiveram o jovem, retiraram-no do veículo à força e espancaram-no, pontapeando-o na cabeça, golpeando-o com um cassetete e utilizando ainda uma arma de choque elétrica (taser).

Quando acabaram as agressões, os agentes arrastaram Nichols para uma viatura, sentaram-no no chão e cumprimentaram-se em comemoração.

A brutalidade da detenção, que resultou na morte do jovem afro-americano três dias depois, reacendeu os apelos de manifestantes e congressistas por uma mudança de cultura na polícia dos Estados Unidos, acusada de utilizar a força de forma desproporcional contra a comunidade negra.

A porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, pediu esta quinta-feira ao Congresso dos Estados Unidos para trabalhar na aprovação de legislação para a reforma da polícia no país, que previna possíveis casos de violência policial.

"O Presidente continuará a fazer tudo o que estiver ao seu alcance para lutar pela reforma da polícia no Congresso", disse Karine Jean-Pierre.

As declarações da porta-voz aconteceram horas antes de uma reunião, na Casa Branca, do Presidente, Joe Biden, com legisladores da comunidade negra, para discutir a reforma da polícia.

O funeral de Tyre Nichols decorreu na quarta-feira e contou com a presença da vice-presidente norte-americana, Kamala Harris, que se juntou aos apelos para que o Congresso aprove o "George Floyd Justice in Policing Act", que advoga uma reforma policial.

Leia Também: "Ato violento". Kamala Harris fala da polícia em funeral de Tyre Nichols

Recomendados para si

;
Campo obrigatório