Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Reino Unido. Cobradores do gás forçaram entrada em casa de devedores

Vários cobradores de dívidas do setor do gás, no Reino Unido, têm forçado a entrada em casas de pessoas vulneráveis com dívidas para ajustar os leitores do consumo.

Reino Unido. Cobradores do gás forçaram entrada em casa de devedores

Os cobradores de dívidas da British Gas forçaram a entrada em casas de clientes vulneráveis para instalar contadores de pré-pagamento, avançou o jornal britânico The Times.

Conforme o jornal descobriu, algumas empresas do setor no Reino Unido obtinham mandados judiciais que lhes davam o direito legal de forçar a entrada numa propriedade e ajustar o contador do gás, caso os clientes não pagassem suas contas.

Para continuar a usufruir desta fonte de energia em casa, os mesmos eram obrigados a saldar as suas dívidas, enfrentando possíveis cortes caso não o fizessem.

Um jornalista do The Times integrou, sem revelar os seus fins jornalísticos, a empresa de cobrança de dívidas Arvato Financial Solutions e juntou-se a agentes que forçam o ajuste dos contadores para revelar, mais tarde, a história.

Um pai solteiro com três filhos pequenos e uma mãe com um bebé de quatro semanas são só dois dos vários clientes "vulneráveis" com que este jornalista foi confrontado.

O CEO da empresa de gás Centrica, Chris O'Shea, disse ao Mirror, em comunicado: "Proteger clientes vulneráveis é uma prioridade absoluta e temos processos e políticas claras para garantir que gerimos a dívida do cliente com cuidado e segurança. As alegações em torno do nosso contratado com a Arvato são inaceitáveis e suspendemos imediatamente a atividade do mandado."

A empresa revela ter "revisado recentemente os processos internos para apoiar os clientes de pré-pagamento", criando um novo fundo de cerca de 11,3 milhões de euros "para apoiar os clientes de pré-pagamento que mais precisam de ajuda".

O ministro da Energia, Graham Stuart, vai, no seguimento da publicação desta reportagem, reunir com a British Gas na tarde desta quinta-feira.

O porta-voz oficial do primeiro-ministro descreveu o acontecimento sobre a British Gas como "profundamente chocante e preocupante". "Com razão, a British Gas suspendeu esta prática", garantiu.

Leia Também: Mecanismo ibérico baixou preço da luz em 31,8% em Espanha. E em Portugal?

Recomendados para si

;
Campo obrigatório