Meteorologia

  • 15 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 22º

Quem são os 15 comissários que acompanham Von der Leyen a Kyiv?

Um total de 15 comissários europeus, incluindo os vice-presidentes Margrethe Vestager e Valdis Dombrovskis, chegaram, esta quinta-feira a Kyiv com a presidente da Comissão, Ursula von der Leyen, para um conjunto de reuniões bilaterais com o Governo ucraniano.

Quem são os 15 comissários que acompanham Von der Leyen a Kyiv?
Notícias ao Minuto

08:42 - 02/02/23 por Lusa

Mundo Ucrânia/Rússia

Até hoje de manhã não havia informação sobre quantos comissários viajariam com von der Leyen por uma questão de segurança e depois de consultadas as autoridades ucranianas.

A vice-presidente e comissária para a transição digital Margrethe Vestager, o 'vice' Valdis Dombrovskis e o alto-representante para os Negócios Estrangeiros, Josep Borrell, encabeçam a comitiva, da qual também fazem parte os vice-presidentes Maros Sefcovic (Relações Interinstitucionais), Vera Jourová (Valores e Transparência) e Margaritis Schinas (Promoção do Estilo de Vide Europeu).

O resto da delegação europeia é composta pelos comissários Nicolas Schmit (Empregos e Direitos Sociais), Paolo Gentolini (Economia), Janusz Wojciechowski (Agricultura), Didier Reynders (Justiça), Ylva Johansson (Assuntos Internos), Janez Lenarcic (Gestão de Crises), Olivér Várhelyi (Vizinhança e Alargamento), Virginijus Sinkevicius (Ambiente, Oceanos e Pescas) e Mairead McGuinness (Serviços e Estabilidade Financeiros).

A reunião do colégio com o governo antecede a cimeira entre a União Europeia (UE) e a Ucrânia, na sexta-feira, que vai realizar-se em Kyiv numa altura em que as Forças Armadas russas intensificam a ofensiva e bombardeiam infraestruturas civis.

O colégio de comissários europeus reúne-se hoje com elementos do governo ucraniano, em Kyiv, para discutir o apoio ao país invadido pela Rússia há quase um ano e na véspera da cimeira bilateral.

Naquela que é também a quarta deslocação a Kyiv da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, desde o início da guerra em 24 de fevereiro de 2022, sabe-se que o colégio de comissários vai reunir-se com vários elementos do governo de Volodymyr Zelensky para discutir a cooperação entre os 27 e a Ucrânia em "áreas relevantes" para a Ucrânia.

Estão previstos encontros bilaterais entre comissários e ministros à margem deste encontro.

Entre as prioridades da discussão deverão estar o próximo pacote de sanções à Rússia e os apoios financeiro, militar e humanitário à Ucrânia.

Na terça-feira, Andriy Yermak, responsável do gabinete de Zelensky, apelou à inclusão de propagandistas russos nas sanções impostas por Bruxelas, para menorizar o apoio que o presidente russo, Vladimir Putin, consegue entre a população russa.

No final de junho de 2022, a Ucrânia recebeu o estatuto de candidato oficial à adesão à UE, um gesto de apoio simbólico mas forte, quatro meses após o início da invasão russa, mas o percurso até à adesão pode levar anos a ser concluído.

Leia Também: AO MINUTO: Von der Leyen (e comissários) em Kyiv; 3 mortos em Kramatorsk

Recomendados para si

;
Campo obrigatório