Meteorologia

  • 19 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 21º

Espanha deverá enviar entre quatro a seis Leopard 2 à Ucrânia

Enquanto Portugal continua a avaliar o envio dos tanques de fabrico alemão, os espanhóis podem juntar-se ao grupo de países que já se comprometeu com o envio de cerca de 300 tanques.

Espanha deverá enviar entre quatro a seis Leopard 2 à Ucrânia
Notícias ao Minuto

09:48 - 01/02/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Ucrânia

O governo espanhol estará a planear o envio de entre quatro a seis tanques Leopard 2 A4, avança esta quarta-feira o jornal El País, que acrescenta que a encomenda final depende do estado em que se encontram os 53 tanques que o exército espanhol tem guardados em Saragoça.

Os veículos armados vão ser reabilitados pelas autoridades militares, garantiu o Ministério da Defesa espanhol, sendo que essa recuperação está a ser negociada com outros países.

A confirmar-se, o apoio espanhol de Leopard 2 pode juntar-se então aos 14 garantidos pela Alemanha, o apoio que espoletou o envio de tanques de fabrico alemão da parte de outros países ocidentais.

A Polónia também já se comprometeu com o envio de 14 Leopard 2 (e mais 60 tanques de outros modelos) e a Noruega enviará 18 Leopard 2. Já os Estados Unidos anunciaram o envio de 31 Abrams M1A1 e o Reino Unido enviará 14 tanques Challenger.

Portugal, por outro lado, está a considerar o envio de alguns dos seus 37 Leopard 2, mas a maioria destes tanques encontra-se inoperacional. Na segunda-feira, a ministra da Defesa, Helena Carreiras, adiantou que o Governo está "a conversar com os parceiros sobre a possibilidade de contribuir para esta constituição desta capacidade da Ucrânia".

A grande maioria dos tanques anunciados pelos aliados da NATO e por outros países ocidentais deverá chegar durante a primavera, já que, além das dificuldades para enviar estes equipamentos, os Leopard 2 exigem treino específico - sendo que alguns países, como o Reino Unido e Espanha, já iniciaram o treino de militares ucranianos.

O El País acrescenta que, além dos tanques propriamente ditos, o governo de Madrid deverá enviar também várias rondas de munições, embora, explica, a Espanha não produza munições e seja mais difícil repor as rondas oferecidas.

A Ucrânia foi muito veemente no seu pedido por Leopard 2 à Alemanha, criando uma grande pressão de internacional sobre Berlim (com a Polónia a ser um dos principais defensores da iniciativa de Kyiv). Recentemente, Kyiv fez mais um pedido, apelando ao envio de caças de combate, mas a este pedido os países já têm demonstrado uma maior relutância - e os Estados Unidos foram mesmo perentórios na sua recusa.

Leia Também: Portugal a "conversar com parceiros" sobre envio de Leopard 2 à Ucrânia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório